O verão no Valle Nevado sem neve

Por Alexandra Aranovich

A saber: durante a baixa temporada, o Valle Nevado mantém parte de seu complexo aberto para receber os visitantes que passam por Santiago e sentem aquela pontinha de curiosidade e desejo de ver de perto a Cordilheira dos Andes. No verão, no lugar da neve, o Valle oferece tranquilidade, belas paisagens, atividades outdoor, como trekking e cavalgada, e, é claro, uma “degustação” da sua gastronomia.

com muita sorte, talvez, um restinho de neve lá longe!

com muita sorte, talvez, um restinho de neve lá longe!

O “Almoço na Montanha”  acontece no Bar Lounge (ao lado da piscina do hotel Puerta del Sol). O atrativo é a culinária andina e a vista do restaurante (pegue uma mesa ao ar livre!).

foto Valle Nevado divulgação

foto Valle Nevado divulgação

Quem quiser também pode se aventurar no Teleférico La Gôndola (inaugurado em 2013). A cabine fechada liga a Curva 17 ao restaurante no topo da montanha, o Bajo Zero. Por lá, a dica é pedir o Barros Luco (sanduíche de pão, queijo e carne) e curtir a vista incrível.

teleferico-valle-nevado copy

nhamy, um sanduba Barros Luco

nhamy, um sanduba Barros Luco

Em janeiro, também funciona o Teleférico Mirador que leva a pontos mais altos do Valle Nevado.

Importante:
é recomendado reservas antecipadas e a confirmação das atrações oferecidas no período da visita;
não esqueça que a subida até o Valle Nevado pode causar enjoo devido a alta altitude e inúmeras curvas da estrada. É bom tomar algo para se previnir. 

Informações e experiências pela blogosfera:

Mais informações: www.vallenevado.com/pt/

O Café Viagem esteve no Valle Nevado no final de temporada de neve. Em breve, contaremos mais detalhes sobre nossa experiência em família. Não deixe de conferir os posts do Café Viagem sobre Valle Nevado e  Santiago do Chile , aqui!

Já visitou o Valle Nevado no verão ou inverno? Deixe sua dica ou opinião por aqui. 

  • Compartilhe
Alexandra Aranovich
Alexandra Aranovich
A autora dos textos e fotos do blog é publicitária e faminta por viagens e experiências gastronômicas. Além do Café Viagem, é colunista do Caderno Vida do jornal Zero Hora, autora do Guia Essencial Gramado e Canela da Pulp e do blog Destemperadinhos. Mora em Porto Alegre, mas vive por aí com o coração no mundo, sonhando com o próximo destino.
19
nov
13
Deixe o seu comentário!