Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

Avaliação Nacional de Vinhos aponta a Safra 2018 como histórica para o Brasil

A Avaliação Nacional de Vinhos, a Safra 2018 ficou entre as 3 melhores que o Brasil já teve !

(Atualizado em julho de 2019 com nova data da Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2019)
Durante a Wine South America de Bento Gonçalves (RS) aconteceu em paralelo a Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2018 que está em sua 26a edição. Um evento único para os amantes do vinho, produtores e profissionais que são premiados e destacados. Em uma única manhã, mais de 1000 apreciadores (quase um exército) degustam juntos 16 amostras selecionadas entre as mais representativas de uma pré-seleção feita por avaliadores profissionais. Trata-se da maior degustação de vinhos de uma safra no mundo. Um evento elegante, bem organizado, com especialistas de renome do vinho nacional e internacional.

Para o Café Viagem e para uma sommelier em formação, foi uma honra participar mais uma vez desse evento ímpar. Aliás, é um encontro tão concorrido que os ingressos, vendidos online, se esgotam em poucos minutos. O evento tem coquetel, degustação de 16 amostras selecionadas e almoço. E ainda: premiações e destaques da comunidade vitivinícola.

Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2019

Anote: Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2019 acontece dia 28 de Setembro (Sábado) e as inscrições do público Online dia 4 de Setembro, a partir das 9 horas.

Quem estava presente na Avaliação deste ano teve a certeza de que o vinho brasileiro está entrando em uma fase promissora!

Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2018

Veja o que Avaliação Nacional de Vinhos 2018 apontou

A qualidade superior da Safra 2018 se confirmou. Está entre as três melhores já registradas no Brasil, dividindo holofotes com as de 2005 e 2012. Antes do evento dia 29/09, a qualidade das amostras foram provadas por 120 enólogos, que degustaram às cegas 344 amostras inscritas por 49 vinícolas. O público de 1000 apreciadores degustou as 16 amostras selecionadas e ficou impressionado com o que foi apresentado. Profissionais do setor apontaram a safra de 2018 como histórica. Verdade seja dita: o tempo colaborou com as videiras e, de quebra, o esforço e conhecimento dos enólogos junto à tecnologia das vinícola ajudaram a proporcionar uma altíssima qualidade.
“O reconhecimento foi unânime e hoje estamos compartilhando com vocês na representação de 16 amostras” – brindou o presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE) – entidade promotora, enólogo Edegar Scortegagna (enólogo chefe da vinícola Luiz Argenta)
Psiu: das amostras degustadas, fiquei muito impressionada com os tannats e os vinhos bases para espumante.

CONFIRA AS 16 AMOSTRAS DEGUSTADAS, VINÍCOLAS E DESCRIÇÃO SENSORIAL DOS COMENTARISTAS


Categoria: Vinho Base para Espumante

1. VINHO BASE ESPUMANTE:

Vinho de aspecto delicado, atraente, límpido e brilhante, com tonalidade rosa salmão e casca de cebola. Nariz de intensidade média, fino, elegante, com notas de frutas brancas como pera, maçã madura, abacaxi, notas de frutas vermelhas frescas como amora, cereja, framboesa e morango, notas de flores brancas e vermelhas, notas vegetais, leve toque de especiarias. No paladar é elegante, equilibrado, untuoso, com boa estrutura e bom volume de boca, notas frutadas como abacaxi e maçã, apresenta frescor com acidez marcante e equilibrada, persistência duradoura.
Domno do Brasil (Garibaldi) – Comentarista: Carlos Abarzúa – Enólogo do Ano 2017 – Brasil

2. VINHO BASE ESPUMANTE:

Vinho de visual límpido, brilhante, amarelo dourado, acobreado e reflexos rosé. Perfil aromático delicado, fino, elegante, de média intensidade, com aroma de frutas brancas, cítricas e tropicais, como limão, abacaxi, ameixa amarela, carambola, pera, maçã verde, melão maduro e pêssego, notas de flores brancas (flor de laranjeira, madressilva). No paladar é elegante, equilibrado, com excelente estrutura e frescor, ataque franco e caráter frutado, acidez presente, corpo médio, retrogosto prazeroso e de persistência duradoura.
Vinícola Geisse (Pinto Bandeira) – Comentarista: Regina Vanderlinde – Presidente da OIV – Brasil

3. VINHO BASE ESPUMANTE:

Visual límpido, cristalino e brilhante, coloração muito bonita, atraente, com leve rosado de tonalidade salmão e casca de cebola.  No nariz fineza e elegância marcam este vinho com toque de flores e frutas cítricas, como abacaxi, acerola, ameixa, cereja, framboesa e maçã verde, também frutas como lichia e lima, com média intensidade aromática. Em boca é complexo, elegante e intenso, com acidez marcante e equilibrada, dando bom frescor ao vinho, presença de taninos agradáveis, notas frutadas, com bom volume e boa persistência.
Vinícola Galvão Bueno (Candiota) – Comentarista: Lúcia Bailetti – Enóloga – Itália

Categoria: Branco Fino Seco Não Aromático

4. RIESLING RENANO:

Com lindo visual, brilhante e límpido, com tonalidade amarelo palha com reflexos esverdeados e dourados.  No nariz é delicado, elegante, fino, presença intensa de frutas como laranja, lima, pomelo e limão siciliano, maçã verde, pera e melão, mamão, banana, marmelo, pêssego e damasco; apresenta também aroma de flores silvestres, flor de laranjeira e jasmim. Na boca é agradável, tem frescor e acidez equilibrada, notas de frutas cítricas, bergamota, com sutil toque mineral, bom volume de boca, retrogosto marcante e boa persistência.
Vinícola Almadén (Santana do Livramento) – Comentarista: Johnny Mazzilli – Jornalista – Brasil

5. CHARDONNAY:

Vinho de excelente visual, brilhante, límpido, amarelo palha com fundo esverdeado. Aroma elegante, de intensidade média, com notas de frutas cítricas e tropicais como abacaxi, banana, lima, maçã verde, pera e pêssego, toque floral discreto de jasmim e rosas, com aromas da madeira, tostado, especiarias e amêndoas. Paladar refrescante, agradável, com ataque doce inicial, com acidez equilibrada, toque frutado, boa estrutura com presença de madeira integrada e elegante, corpo médio, bom volume de boca e persistência média.
Cooperativa Vinícola Aurora (Bento Gonçalves) – Comentarista: Edsandro Arruda – Sommelier – Brasil

6. CHARDONNAY:

Visual de lindo aspecto, brilhante, límpido, tonalidade amarelo palha com reflexos esverdeados. No nariz se apresenta nítido com intensidade alta, notas marcantes de frutas tropicais e cítricas como toranja, abacaxi, maçã verde, pera, melão, goiaba, ameixa branca, pêssego e maracujá, toque floral (flor de laranjeira), e aromas vegetais com ervas de quintal, arruda e broto de tomate. Em boca é intenso e elegante, com acidez equilibrada e vibrante e bom volume, frutado com notas de abacaxi, pera e maracujá, notas vegetais de broto de tomate e arruda, extremamente fresco, com retrogosto agradável que se mantém em boca.
Cooperativa Vinícola Garibaldi (Garibaldi) – Comentarista: Caroline Dani – Biomédica – Brasil

Categoria: Branco Fino Seco Aromático

7. SAUVIGNON BLANC:

Visual brilhante, atrativo, límpido, amarelo com tons esverdeados e lágrimas duradouras. Aroma exótico, fresco, de frutas cítricas, tropicais e maduras, notas de goiaba, pêssego, de flores brancas (jasmim e rosas) e cítricas (flor de laranjeira), notas vegetais como broto de tomate, aspargos, arruda e especiarias verdes.  Apresenta bom volume de boca, é elegante, agradável, equilibrado, com acidez e frescor excelentes, frutado (maracujá, goiaba), retrogosto de qualidade e persistência muito boa.
Vinícola Família Lemos de Almeida (Muitos Capões) – Comentarista: Rodrigo Perez Nambrard – Tonnellerie Seguin Moreau – Chile

8. MOSCATO GIALLO:

Visual límpido e cristalino, amarelo palha com reflexos esverdeados, lindo. No nariz apresenta-se complexo, fino e elegante, uma excelente intensidade aromática floral, como flores de laranjeira, jasmim e rosas, batata doce, mel, frutas de polpa branca, carnosas e maduras, goiaba, mamão papaia, pêssego e ervas de quintal.  Em boca é elegante, com excelente perfil da categoria, harmônico, com frescor e bom volume de boca, acidez equilibrada, retrogosto agradável e excelente persistência.
Hortência Vinhos e Espumantes (Flores da Cunha) – Comentarista: Priscila Silva Esteves – Professora – Brasil

Categoria: Tinto Fino Seco Jovem

9. CABERNET FRANC:

Visual límpido e brilhante, com coloração vermelha rubi de média intensidade e lágrimas marcantes. No nariz é intenso e agradável, com notas de frutas vermelhas maduras, cereja, amora, morango e ameixa, com toque de especiarias, cravo e leve floral. Em boca é agradável e aveludado, com ataque inicial doce, acidez marcante e expressiva, apresentando notas frutadas compatíveis com o aroma e um toque defumado, com taninos macios e elegantes, com corpo médio, bom volume de boca e persistência média.
Vinícola Salton (Bento Gonçalves) – Comentarista: Carlos Cabral de Mello – Consultor de Vinhos – Brasil

Categoria: Tinto Fino Seco

10. MERLOT:

Visual intenso e profundo, com coloração vermelha violácea e reflexos negros. No nariz tem intensidade média, destacam-se as notas de frutas negras maduras e secas, mirtilo e ameixa, notas da madeira, baunilha, especiarias, avelã, cacau, café e tostado, com toque de tabaco e pimenta. Em boca é equilibrado e intenso, com boa acidez e estrutura, corpo médio e bom volume, notas frutadas, ameixa, amora e toque de chocolate, pimenta e tostado, com madeira aparente e bem casada, taninos domáveis e equilibrados, é untuoso, envolvente e persistente.
Vinícola Don Guerino (Alto Feliz) – Comentarista: Dirceu Vianna Jr. – Master of Wine – Inglaterra

11. MERLOT:

Visual intenso, coloração vermelho rubi/violáceo. Aroma intenso e agradável, frutas vermelhas maduras, amora, ameixa, geleia, licor de cassis, caramelo, especiarias, carvalho bem fundido e leve floral. Em boca é equilibrado e envolvente, com acidez média e corpo potente, com notas frutadas e de especiarias, chocolate amargo, pimenta, e forte tostado, com madeira equilibrada, taninos macios, bom volume e persistência.
Rasip Alimentos (Vacaria) – Comentarista: Francine Dion – Diretora do Séléctions Mondiales – Canadá

12. CABERNET FRANC:

Visual intenso, vermelho rubi/violáceo com reflexos negros, com lágrimas espessas e duradouras. Nariz de intensidade alta, com frutas vermelhas e negras maduras (amora, cereja, figo), compota, notas de madeira de qualidade, café, tostado, tabaco, couro, e toque vegetal, ervas secas. Em boca é equilibrado e fino, ataque doce, com boa acidez e muito corpo, notas de jabuticaba, uva passa cassis, especiarias e herbáceo, com madeira equilibrada, os taninos são maduros e presentes, com leve adstringência e persistência longa.
Estabelecimento Vinícola Valmarino (Pinto Bandeira) – Comentarista: Otávio Berwanger – Médico Cardiologista – Brasil

13. CABERNET SAUVIGNON:

Visual brilhante, límpido e intenso, coloração vermelho rubi com tons violáceos. No nariz é elegante e agradável, com aromas de frutas vermelhas, amora, ameixa, notas de especiarias, canela, e aromas da barrica de carvalho, café, cacau, tostado, leve vegetal e mentolado.  Em boca é harmônico, com acidez pronunciada e ótimo volume de boca, bom corpo e estrutura, com notas de  ameixa preta, cereja, geleia, café e leve mentolado, com retrogosto amadeirado, taninos presentes e equilibrados, com  muito potencial e persistência média.
Vinícola Almaúnica (Bento Gonçalves) – Comentarista: Celso Masson – Jornalista – Brasil

14. CABERNET SAUVIGNON:

Visual profundo e intenso, coloração vermelho violáceo com tons negros. No nariz frutas vermelhas e pretas (framboesa, ameixa preta, amora, mirtilo), frutas secas, notas de  especiarias, canela, cravo, caramelo, chocolate branco,  tabaco e tostado, balsâmico e azeitonas pretas, com herbáceo leve. Em boca é doce na entrada, com acidez média e leve adstringência, certo amargor, potente de álcool e com muita estrutura, taninos marcantes e redondos, com notas de compota, figo preto, caramelo e chocolate, vinho untuoso e de bom potencial, com excelente persistência.
Vinícola Miolo (Bento Gonçalves) – Comentarista: Christian Burgos – Publisher – Brasil

15. TANNAT:

Aspecto excelente, brilhante, límpido e intenso, com coloração vermelha rubi com reflexos violáceos. No nariz é agradável e generoso, com frutas vermelhas e negras, ameixa fresca, framboesa, amora e compota, notas de aniz, baunilha, caramelo, café e especiarias (cravo, canela), as notas da madeira são intensas (tostado), com sensação vegetal, leve mentolado e funcho. Na boca é equilibrado e elegante, tem um adocicado inicial, é alcoólico e potente, com bom corpo e acidez, notas de amêndoas, chocolate e especiarias, com taninos macios e agradáveis, é untuoso, volumoso e persistente.
Família Bebber Vinícola (Flores da Cunha) – Comentarista: Nicholas Corfe – Importador Go Brazil – Reino Unido

16. TANNAT:

Visual límpido e intenso, com coloração violácea e reflexos negros. No nariz é intenso, com frutas negras maduras, ameixa preta, mirtilo, geleia e frutas no licor, notas de especiarias, canela, baunilha, cassis, amêndoas torradas, chocolate amargo, café, pimenta preta e tostado. Em boca é encorpado e envolvente, com acidez equilibrada e leve adstringência, álcool elevado e muita estrutura, notas de ameixa seca, compota, especiarias, café e amadeirado, taninos marcantes e intensos, volumoso e persistente.
Casa Valduga Vinhos Finos (Bento Gonçalves) – Comentarista: Pablo Ugarte – Diretor do Catador Awards – Chile

Veja mais dicas da serra gaúcha e vinhos na página Amo Serra Gaúcha do Café Viagem

Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2018

Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2018 – Foto : Jeferson Soldi

 

SAIBA MAIS

Sobre a Associação Brasileira de Enologia (ABE) : www.enologia.org.br

XXVII Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2019

Data: 28 de Setembro de 2019 – Sábado

Local: Pavilhão “E” do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, RS (Rua Alameda Fenavinho 481, B. Fenavinho, 95700-000, Bento Gonçalves, RS)

Inscrições do público Online: a partir de 04 de Setembro, a partir das 9 horas.

informações: (054) 3452 6289 ou pelo e-mail [email protected]

—– ORGANIZE SUA VIAGEM PARA SERRA GAÚCHA

Se você sonha em visitar a Serra Gaúcho é essencial se organizar cedo, pesquisando melhores tarifas de hotéis! Abaixo, a lista de nossos parceiros para organizar a sua viagem!

—– RESERVE O SEU HOTEL PELO  BOOKING.COM 
—– ALUGUE SEU CARRO: RENTCARS
—– SERRA GAÚCHA (PACOTES, INGRESSOS, TRANSPORTE SERRA GAUCHA)

 

MAIS DICAS DE BENTO E VALE DOS VINHEDOS NO BLOG:

POST ÍNDICE COM TODAS AS DICAS DE BENTO GONÇALVES E REGIÃO DO VINHO NA SERRA GAÚCHA

VERÃO: 10 ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS DA FESTA DA VINDIMA– período da colheita da uva de de várias programações especiais para os visitantes.

COM CRIANÇAS: 10 PROGRAMAS IMPERDÍVEIS COM A TURMINHA DO SUCO DE UVA EM BENTO

ROTEIRO FIM DE SEMANA: VALE DOS VINHEDOS COM AMIGAS –roteiro completo com vinícola, hospedagem e restaurantes

ONDE COMER NO VALE DOS VINHEDOS – o beabá de onde comer com mais de 12 endereços imperdíveis da rota

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por café da manhã, vinhos e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Últimos Comentários
  • oi tudo bem? MEU nome é flávia e tenho uma filha que acabou de completar 01 aninho. eu queria adquirir um vinho da safra de 2018 que tivesse guarda bem longa, para quando minha filha tivesse seus 18 anos, ela iria abrir um vinho da safra de seu nascimento, será que tem algum vinho brasileiro, ou aqui dos nossos vizinhos que desse para fazer isso?

DEIXE SEU COMENTÁRIO