Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

O que comer em Emilia Romagna: pratos típicos

O post ” o que comer em Emilia Romagna”  não é a lista oficial de restaurantes que visitei e recomendo na minha viagem a Itália (tem dica de vários restaurantes no nosso post índice!) . É uma espécie de guia de pratos e ingredientes que considero imperdíveis para provar em Emilia Romagna. Antes de partir para lá, li alguns posts do site do Blog Ville sobre comidinhas da região, o post do Blog Comer e Coçar é só Começar e entrevistei um amigo e Chef para saber tudo que eu deveria experimentar. Não satisfeita, ainda comprei um guia brasileiro que levei comigo: “Itália Para Comer e Beber Bem” –  de Juscelino Pereira e Gerardo Landulfo. Não poupei calorias e mergulhei fundo nessa experiência gastronômica. Emilia Romagna é o território da Barilla e da Mutti (duas marcas famosas e presentes nas prateleiras dos supermercados brasileiros). Sua culinária é considerada uma das mais ricas de toda a Itália, muito conhecida por seus embutidos, queijos, vinagres, vinhos e fungos.

 

a combinação perfeita: prosciutto, mortadela, salames, pães italianos e queijo stracchino

a combinação perfeita: prosciutto, mortadela, salames, pães italianos e queijo stracchino

O que mais me agradou e chamou a atenção foi o orgulho dos italianos de suas raízes. Nada mais importante, para eles, do que cultivar suas tradições e valorizar a qualidade dos produtos feitos de forma artesanal como o aceto balsamico de Modena, o prosciutto ou o Parmigiano Reggiano de Parma. Não é a toa que alguns alimentos levam o selo IGP (Indicação Geográfica Protegida) ou DOP – Denominação de Origem Protegida. Esses selos (assim como os selos criados para os vinhos) são uma forma de proteger os produtos locais, valorizando sua autenticidade, território e tradição. E, é claro, ajudam a evitar falsificações.

O resultado de privilegiar produtos locais é que na Itália a comida é quase sempre fresca. Eis alguns pratos e ingredientes indispensáveis de Emilia Romagna para os amantes da boa mesa. Buon Appetito!

⇒ RAGÙ ALLA BOLOGNESE

Molho de tomate e carne moída, semelhante ao molho bolonhesa no Brasil. Contudo, em Emilia Romagna o molho nunca acompanha o spaghetti (como no Brasil). O legítimo ragù deve ser servido com a massa tagliatelle. É o prato carro-chefe de muitos restaurantes na região. As crianças iam se dar bem por lá (pelos menos os meus filhos que adoram uma massinha ao molho bolonhesa).

ragu alla bolognese

⇒  TORTELLINI E TORTELLONI

Uma obra de arte da cozinha de Emilia Romagna. O tortellini é semelhante ao nosso capelletti. Essa espécie de massa é tão famosa que tem até o seu dia oficial no calendário: 13 de fevereiro é o Dia Nacional do Tortellini na Itália. O tortellini in brodo (nossa sopa de capelletti da Serra Gaúcha no Brasil) também é um prato popular nos restaurantes. Diferença básica entre tortellini e tortelloni: o tortelloni tem formato maior e, normalmente, vem recheado com ricota, uma delícia!

tortelloni recheados com ricotta fresca e molho pomodoro

tortelloni recheados com ricotta fresca e molho pomodoro

Idêntico a sopa de capelletti no Brasil

Idêntico a sopa de capelletti no Brasil


⇒  QUEIJOS: STRACCHINO, RICOTA E SQUACQUERONE

Esqueça a ricota sem sal e insossa que a gente come no Brasil. Imagine algo fresco, cremoso e saboroso. A saborosa ricota em Emilia Romagna é um ingrediente carro-chefe. Já o Stracchino, é um queijo da Lombardia muito consumido em Emilia Romagna, principalmente no recheio da piadina (sanduíche típico) ou como entrada (antepasto) com um pão quentinho.Tem um sabor delicado, textura cremosa. Prove também o seu “irmão”, o  Squacqueroneclique aqui.
Queijos Emilia Romagna

⇒ PIADINA

Um pão típico da região que tem o formato de uma pizza pequena. Com ele, é feito o sanduíche mais popular de Emilia Romagna. Existe uma frigideira especial para esquentar o pão que pode levar diversos recheios. Um dos recheios mais simples e deliciosos leva: stracchino, presunto de Parma e rúcula.

preparando a piadina em uma frigideira especial

preparando a piadina em uma frigideira especial


⇒ PROSCIUTTO DI PARMA

Dispensa apresentações. O prosciutto – ou presunto da região de Parma – é o autêntico e recebe o selo DOP. O Culatello (um diamante entre os frios italianos) é o presunto mais nobre de todos.

Prosciutto

 

⇒ PARMIGIANO REGGIANO

O verdadeiro queijo parmesão é outro produto que dispensa apresentações. Inconfundível. Procure pelo selo DOP para ter a certeza de que você está provando o verdadeiro e autêntico. Em breve, um post sobre nossa visita à fábrica em Parma.

Parmigiano Reggiano


⇒  GELATO

Em qualquer cidade, você vai encontrar a cremosidade de um bom sorvete italiano. Não deixe de provar o sabor pistache (pistacchio), imperdível! Emilia Romagna tem uma universidade e um museu sobre o assunto: Carpigiani Gelato University. Gelato Italia


⇒  BEBIDAS: LAMBRUSCO E SPRITZ

Duas bebidas famosas. A primeiro, uma espécie de vinho frisante tinto. A segunda, um drink de verão feito com aperol – é a “caipirinha da Itália”. Ambos, refrescantes. Prove no final do dia no horário do “aperitivo” italiano – espécie de happy hour (antes do jantar) onde todos os bares servem petiscos à vontade para quem pede drinks.

Spritz, o drink perfeito do verão italiano

Spritz, o drink perfeito do verão italiano


⇒  ACETO BALSAMICO

Na Itália, o aceto com o selo DOP é uma preciosidade – a nobreza dos vinagres. Apreciado por chefs do mundo todo, pode ser servido como molho de massa, calda de sorvete ou até acompanhando o Parmegiano Reggiano. Os mais famosos são os de Modena e podem custar até 200 euros. Sua consistência e sabor variam conforme a idade que vai de 8 a 36 anos (um extra vecchio) de envelhecimento.  Confira, neste link, o post da nossa visita à Pedroni e sua magnífica Osteria di Rubbiara.

Aceto Balsamico CV

 

⇒  COGUMELO PORCINI

Espécie de cogumelo selvagem que se desenvolve nos bosques da Itália, em regiões montanhosas. Seu sabor é intenso. Uma das melhores massas que provei foi servida com cogumelos e manteiga em Zocca no parque Esploraria. Nossa refeição sublime em uma casa na árvore com menu zero km do Parque Esploraria.

Esploraria Zocca (30)

⇒  TORTA FRITA DE PARMA E OUTROS PÃES

A torta frita é uma espécie de pão frito delicioso servido como presunto de Parma nas entradas (antepastos) dos restaurantes – principalmente na região de Parma. Prove também os outros pães típicos servidos no antepasto, como os da Osteria Dell’ Orsa em Bologna.

Lambrusco

pães típicos

pães típicos


⇒  COTOLETTA

Costela de vitela. É um prato de Milão, mas presente em vários restaurantes de Emilia Romagna. Delicioso! Confira, neste link, o post do restaurante centenário de Bologna onde provamos uma excelente cotoletta, o Donatello.

Cotoletta)

⇒ CAFÉ

O café é normalmente servido em uma pequena xícara, curto e forte. Se desejar mais fraco (eu gosto do meu fraco), peça por “lungo”.MOdena iph alex (18)

⇒  Outros pratos e ingredientes típicos para provar:

-cotechino (embutido de carne de porco), salames e mortadelas
-lasagne alla bolognese
-tomates de todos os tamanhos e cores
-polenta
-trufas
-nhoque
trippa (para os corajosos, o estômago bovino, o nosso tradicional bucho ou mondongo)
zupa inglese (sobremesa típica)

Emilia Romagna food

 

⇒  Por fim, um costume típico local: SCARPETA

fare la scarpetta ->  ato (não muito elegante) muito comum de limpar o prato (ou o molho suculento) ao final da refeição com um pedaço de pão.

é comum limpar o prato no final da refeição com um pedaço de pão = la scarpetta

é comum limpar o prato no final da refeição com um pedaço de pão = la scarpetta

 

⇒  Pequeno Glossário para Bons de Garfo

Biológico = orgânico

Selo DOP = Denominação de Origem Protegida

Selo IGP = Indicação Geográfica Protegida

Trattoria (ou Osteria) = restaurantes mais simples e familiar.

La colazione = café da manhã

La cena (la tchêna) = jantar após 20h

Grazie = obrigado

Per piacere = por favor

Porzioni per bambini = prato kids/porção infantil

Vorrei (vôrréi) = Gostaria de ….(caffè, vino, …)

Il conto, per piacere = a conta, por favor

A puntino = ao ponto

Antipasto = entradas
Il Primo= primeiro prato (massas, risotos,etc)
Il Secondo= segundo prato (carnes, peixes, etc)
Il Contorno= normalmente prato com saladas e vegetais
Atenção: você não precisa pedir toda a sequência de pratos no restaurante. E também pode alterar a ordem deles conforme o seu gosto e vontade.

Cibo = comida, alimento

Comendo em "casa" - petiscos que fizemos no apartamento do Blog Ville

Comendo em “casa” – petiscos que fizemos no apartamento do Blog Ville

LEIA + DICAS DE
EMILIA ROMAGNA NO BLOG:

Tudo sobre Bologna

Modena – roteiro de 1 dia 

Parma – roteiro de 1 dia 

Post índice Emilia Romagna no Café Viagem com todas os links da nossa viagem

 

cafe viagem
SAIBA 
MAIS

 

Thanks to the tourism board of Emilia Romagna
for inviting Café Viagem to the Blog Ville project.

O Café Viagem foi um dos blogs brasileiros convidados pelo Turismo de Emilia Romagna para conhecer essa região da Itália em maio/2013 representando a RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem). Independente do convite  – que proporcionou  a hospedagem em Bolonha e alguns passeios na região – , as opiniões são todas bem pessoais. 

Saiba mais sobre o Blog Ville e Emila Romagna :
www.blogville-emiliaromagna.com
Descubra Emilia Romagna : www.emiliaromagnaturismo.com 

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier em formação pela ABS-RS. Acima de tudo, apaixonada por café da manhã, vinho e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Últimos Comentários
  • Alexandra, pelo visto vocês se divertiram não é? rs
    Eu cada dia mais me encanto com esta região que apesar de pouco explorada pelos Brasileiros tem muito a oferecer, principalmente em relação ao turismo gastronômico.
    Parabéns pelo post!
    Dani Bispo

  • Estou com água na boca, essa comida italiana… estou sonhando com esse pão frito recheado de parma.

  • Moro em Riccione, província de Rimini, Emilia-Romagna, há 10 anos.

    Sou fissurada por piada (ou piadina), além, claro, do maravilhos sorvete italiano, o melhor do mundo :-)

    Parabéns pela postagem.

    Maria

    P.S.: Meu blogue sobre dicas de turismo na Itália é ainda um recém-nascido, porém teria o maior prazer de trocar ideias, informações e sugestões com blogueiras profissionais como você.

  • thank you for the nice photos of our hand-made “tortelloni” and the traditional balsamic vinegar extravecchio! we appreciate it much!
    hope you enjoyed visiting our estate. kind regards. giuseppe

  • Excelente, estas informações serão de grande utilidade em minha 1ª visita a Itália;
    tenho certeza que irei aproveitar muito dessas informações tanto nos pedidos em osterias como no idioma.

  • Excelente!!

  • Boa noite
    Preciso fazer um trabalho na faculdade de gastronomia e gostaria de uma dica.
    Preciso falar sobre dois ingredientes e dois produtos do sul da Itália que tenham IGP e DOP. Como poderiam me ajudar????? Obrigada

  • parabéns pelo seu blog…..além de possuir excelente conteúdo, ele é lindo e “gostoso”!!!

DEIXE SEU COMENTÁRIO