Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

O que fazer em Pinto Bandeira – o terroir do espumante brasileiro

O que fazer em Pinto Bandeira – o enoturismo no terroir do espumante brasileiro

Procurando dicas sobre o que fazer em Pinto Bandeira no Rio Grande do Sul ? Bem, primeiramente bom saber que a cidade da serra gaúcha leva a fama de Champagne brasileira (Champagne = região da França que elabora o champanhe). Tudo por conta dos excelentes espumantes elaborados em seu terroir. A cidade só foi reconhecida como município por volta de 2013. Antes disso, era um distrito de Bento Gonçalves. Aliás, fica coladinha em um dos cinco roteiros turísticos de Bento Gonçalves, o Caminhos de Pedra. Situada em torno de 135 km de distância de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, e entre 10 a 15 km de Bento Gonçalves. Possui em torno de  2.847 mil habitantes.

Assim como suas vizinhas Garibaldi, Farroupilha e Bento Gonçalves, Pinto Bandeira harmoniza o passeio com bons espumantes de vinícolas como Cave Geisse, Don Giovanni, Valmarino, Castellamare, Aurora, entre outras.

oque fazer em Pinto Bandeira

IP Pinto Bandeira – Indicação de Procedência do vinho

Pinto Bandeira é – acima de tudo – o terroir do espumante de qualidade, com uma geografia de altitude, relevo ondulado e solo de origem vulcânica. Não é a toa que tem Indicação de Procedência (IP) do vinho – certificação concedida pelo INPI que destaca e confere valor, localidade e identidade ao produto. Aliás, foi a segunda área do país a ser certificada (a primeira foi o Vale dos Vinhedos que tem Indicação de Procedência e Denominação de Origem). E tudo indica que – muito em breve – Pinto Bandeira receberá sua DO (Denominação de Origem). Pasmem, será a primeira DO para espumantes no Novo Mundo. 

Por conta desta certificação, os vinhos elaborados em Pinto Bandeira devem seguir algumas regrinhas. Os espumantes devem ser elaborados unicamente pelo método tradicional (champenoise – segunda fermentação na garrafa) com uvas Chardonnay, Riesling Itálico, Viognier e Pinot Noir. Formas de plantio também têm normas rígidas bem como o engarrafamento que deve ser obrigatoriamente dentro de Pinto Bandeira. Outros destaques da IP Pinto Bandeira são:

  • moscatel espumante é elaborado a partir das variedades Moscato Branco, Moscato Giallo, Moscatel Nazareno, Moscato de Alexandria, Malvasia de Candia e Malvasia Bianca
  • vinhos finos tintos de maior destaque são varietais de Cabernet Franc, Merlot, Tannat, Cabernet Sauvignon, Sangiovese e Pinot Noir.
  • dentre os vinhos finos brancos, destaque o varietal Chardonnay

Como forma de valorizar e proteger ainda mais os vinhos de Pinto Bandeira, em 2001 foi criada a Asprovinho – Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira.

o que fazer em Pinto Bandeira

O que fazer em Pinto Bandeira: dica de hotéis

Para dica de hospedagem, indico a pousada da vinícola Don Giovanni que tem apenas 7 quartos no casarão de 1930 da Família Dreher e uma cabana rústica no meio dos vinhedos. A propósito, é uma das poucas vinícolas que oferecem pousada na serra gaúcha.  No entardecer na Don GIovanni, não deixe de brindar no pôr do sol entre os vinhedos. A pousada e vinícola tem uma programação para hóspedes e não hóspedes que inclui brinde e sapecada de pinhão no inverno. A pousada também oferece jantar harmonizado a luz de velas. Contei mais detalhes sobre a vinícola neste post do Café Viagem e neste mais recente.

Outras dicas de pousada na região são: a Pousada Fornasier e a Pousada Cantelli (no Caminhos de Pedra quase Pinto Bandeira)

+ Influenciadores indicam 5 vinhos da serra gaúcha até R$ 50 para a quarentena

hotel em Pinto Bandeira

O que fazer em Pinto Bandeira: principais atrações

Em se tratando do terroir de espumantes de qualidade no Brasil, não dá para negar que a principal programação é apreciar a bebida e visitar as vinícolas, certo? Por isso, fiz uma lista de vinícolas para visitar no próximo título.

Afora o espumante, Pinto Bandeira também é Capital Brasileira do Pêssego. Vale a pena conferir este post do Café Viagem com a paisagem e as cores na época da floração que é tão linda quanto a das uvas. Ela acontece no fim de agosto quando é precoce e também em novembro/dezembro. Procure pela Estrada Linha Brasil para tirar lindas fotos nesse cenário de cinema.

Pinto Bandeira pessegueiros

Pinto Bandeira também é a Capital do Pêssego e tem uma linda floração

o que fazer em Pinto Bandeira

início do inverno ainda com linda paisagem de outono em Pinto Bandeira

Dirigindo do Caminhos de Pedra para Pinto Bandeira, você vai passar pelo Mirante da Cascata dos Amores, primeiro ponto turístico para ser apreciado e fotografado. Tem paisagem de Bento Gonçalves e da serra. Aliás, à noite, o mirante é iluminado e também fica lindo. Está localizado junto à Pousada Fornasier e uma bela Capela.

Capela São Pedro em frente ao Mirante da Cascata dos Amores

Não deixe de admirar o visual do Mirante da Cascata dos Amores

 

Por fim, já que estamos ao lado do Caminhos de Pedra, não deixe de percorrer este roteiro encantador com a Casa e Parque da Ovelha, Casa da Tecelagem, Cucas, Erva Mate e outras atrações e restaurantes.

+ Leia também: roteiro Caminhos de Pedra – o que visitar

Vinícolas que recebem para degustação e visita em Pinto Bandeira

A degustação nas vinícolas Don Giovanni e na Cave Geisse são as mais concorridas entre turistas e amantes do vinho. Recomenda-se fortemente agendamento prévio.

A Don Giovanni reúne, em um só local, vinhedos, vinícola, varejo de vinhos, pousada e restaurante. Você pode agendar degustação em sala especial para grupo ou simplesmente degustar alguns rótulos no balcão do varejo. Quem se hospeda na pousada da vinícola também pode agendar uma sapecada de pinhão com espumantes e pôr do sol ao entardecer. É lindo.

espaço degustação em grupo especial na Don Giovanni

o que fazer em Pinto Bandeira

Brinde com pôr do sol na Vinícola Don Giovanni

 

Já a Cave Geisse , uma das grandes estrelas do espumante brasileiro, é sem dúvida  programa imprescindível em Pinto Bandeira. Além da degustação – que precisa ser agendada- , a vinícola oferece nos fins de semana o Open Lounge Geisse. Trata-se de um espaço lindo no jardim da vinícola com almofadas no gramado, mesas e um trailer com espumantes em taça ou garrafa e maravilhosas empanadas chilenas, além de tábuas de frios. Para relaxar e aproveitar muito. A vinícola também oferece um tour em seus vinhedos em veículos especiais.

Open Lounge Cave Geisse

Open Lounge Cave Geisse

Outras vinícolas que também oferecem visitação em Pinto Bandeira são: Valmarino, Empório Castellamare e Vinícola Terraças.

Cabernet Franc de Pinto Bandeira

Vale ressaltar que, além dos espumantes, a uva tinta Cabernet Franc vem se destacando. No Guia Descorchados 2020 foi apontado o potencial de Pinto Bandeira para o Cabernet Franc. Um bom exemplar é o da Casa Ágora e seu aclamado Kame Cabernet Franc 2018 (contato 54 996290201 – a princípio não recebe para visitas). Outras vinícolas que se destacam no Descorchados 2020 em Pinto Bandeira é a Valmarino e a Geisse. 

Vinícolas Pinto Bandeira

Abaixo os contatos para visitação:

Vinícola Don Giovanni
VRS 805 – Linha Amadeu (28), km 12
pousada@dongiovanni.com.br
DEGUSTAÇÃO E JANTARES HARMONIZADOS, agende por telefone ou email
Leia aqui o post da Don Giovanni no Café Viagem

Cave Geisse
Linha Jansen, s/n
Telefones: +55 54 3455.7461 | 3455.7462
turismo@vinicolageisse.com.br
Open Lounge Geisse funciona aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h.
Leia aqui o post da Cave Geisse no Café Viagem

Vinícola Terraças
Linha Jansen, KM 4, Estrada de Pinto Bandeira
Tel.: (54) 3455-6214 ou montanhadovale@gmail.com

Valmarino
Linha Jacinto Sul, Lote Rural 1.
atendimento@valmarino.com.br | WhatsApp: 54 99615 4882
Tel.:  54 3455 7474 – Site: valmarino.com.br

Empório Castellamare
Linha 28, Pinto Bandeira – RS
Tel.: 54 3455 7367
vendas28.emporio@gmail.com

Onde comer em Pinto Bandeira

Além de beber bem, as aventuras à mesa estão entre as principais dicas sobre o que fazer em Pinto Bandeira. Para almoço, há boas e apaixonantes experências gastronômicas em Pinto Bandeira e arredores. Porém, anote: o ideal é sempre reservar antecipadamente. Champenoise Bistrô e Colheita Butique Sazonal são os principais restaurantes que recebem para almoço diferenciado.

O Champenoise Bistrô tem um menu degustação de pratos elaborados, ingredientes orgânicos e boa carta de vinho. Já no Colheita, o Chef Giordano Tarso elabora um menu degustação com vários ingredientes a brasa.

Onde comer em Pinto Bandeira

sobremesa no Champenoise Bistrô

A Pousada e Vinícola Don Giovanni oferece jantar para grupos. O menu normalmente inclui o famoso risoto de alcachofra da Dona Bita e um delicioso frango ao forno.

Entre o Caminhos de Pedra e Pinto Bandeira está o simpático e acolhedor almoço do Locanda di Lucca que já fui duas vezes com amigos, adoro.

E, claro, você também pode optar pelos restaurantes do roteiro caminhos de Pedra, coladinho em Pinto Bandeira: Nona Ludia, Casa Vanni e Casa Ângelo.

Para um almoço descompromissado, a dica é passar no Open Lounge da vinícola Cave Geisse e experimentar a tábua de frios e as incríveis empanadas com espumante.

Festas e eventos

Em janeiro, na Praça Central de Pinto Bandeira, acontece a Festa do Pêssego.

Durante a Vindima, colheita da uva, é realizado um evento para celebrar a data em fevereiro com comidinhas e espumantes. O evento é promovido pela Asprovinho

Sugestão de vinhos e Espumantes para experimentar

Valmarino Surlie Nature
Valmarino Brut Glera
Todos da Geisse, incluindo o Blanc de Blanc
Kamé Cabernet Granc Casa Ágora (ainda não provei, estou louca pra degustar)
Tintos Valmarino: Merlot e Cabernet Franc
Don Giovanni Nature

E você, qual a sua dica de espumante para provar em Pinto Bandeira ??

o que fazer em Pinto Bandeira

Brinde com amigos na Don Giovanni – que a vida volte logo a ter momentos de aglomeração como estes

 

+ Dicas de enoturismo e vinhos da serra gaúcha no Café Viagem

Os melhores espumantes brasileiros de 2019

 Vinícola Don Giovanni 

10 atrações imperdíveis da Vindima de Bento Gonçalves

Cantina Strapazzon no Caminhos de Pedra

Visita Cave Geisse

Hotéis e Pousadas na serra gaúcha para namorar

L’essenza del Vino – o curso de degustação nos trilhos do trem Maria Fumaça

 Curso de Sommelier Profissional da ABS-RS na Serra Gaúcha

Destaques Vinhos Brasileiros na Feira Wine South America 2019

Vinícola Lovara no Caminhos de Pedra

 

POST ÍNDICE COM TODAS AS NOSSAS DICAS DE BENTO GONÇALVES RS (E 5 ROTAS TURÍSTICAS)

 

Mais dicas de enoturismo no Brasil no Café Viagem

América do Sul brilha nas 50 melhores vinícolas do mundo

O vinho da uva Goethe de Urussanga, Santa Catarina

Roteiro de 8 vinícolas para visitar em Santa Catarina 

Wine Tour no Sertão – Vale do Rio São Francisco

 

26 hotéis na Serra Gaúcha para namorar

Para Salvar no Pinterest
Clique aqui e veja nossa pasta da Serra Gaúcha

PIN SAVE

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por café da manhã, vinhos e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Sem Comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO