Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

Onde comer em Mendoza – vinícolas, restaurantes e comidinhas

Quando começamos a montar o roteiro do destino campeão do vinho argentino logo me foquei na pesquisa:  ” onde comer em Mendoza “. Comer e beber bem em ambientes fantásticos e, quem sabe, emoldurados pela Cordilheira dos Andes e vinhedos de Mendoza, era o meu maior desejo e também do grupo de amigos que viajou comigo. Queríamos brindar à amizade, à boa mesa e ao Malbec. Mesmo com uma grande e faminta expectativa, Mendoza não decepcionou. A experiência enogastronômica é sem dúvida o carro-chefe do destino. Difícil comer e beber tão bem quanto em Mendoza. Impressionante !

Abaixo, listo experiências gastronômicas, comidinhas e principais restaurantes de Mendoza. Saiba que a cidade tem inúmeras rotas gastronômicas e oferece cozinha de autor, cozinha de montanha, cozinha de bodegas, cozinha regional, além de wine bars e doces.

onde comer em Mendoza

PS: na imagem acima, mesa ao ar livre da  bodega Andeluna e o incrível almoço harmonizado da Bodega La Azul!

As experiências mais autênticas e imperdíveis, ao meu ver, estão presentes nas refeições harmonizadas das vinícolas. Contudo, à noite o centro também reserva boas surpresas em ambientes para lá de inspiradores, tanto em cafés e bistrôs quanto em restaurantes. A cozinha do famoso chef argentino Francis Mallmann faz sucesso entre os turistas brasileiros. Mas atualmente quem está no topo da lista dos lugares imperdíveis para comer é a Casa El Enemigo, que certamente merece todos os elogios.

Tanta coisa boa para comer, tanto vinho bom para brindar. Mendoza é o paraíso dos famintos por viagem, apaixonados por vinho

O QUE COMER EM MENDOZA

Antes de sugerir os lugares, eis alguns ingredientes pratos que indico. Sabores especiais para provar nessa terra onde tudo harmoniza tão bem com o vinho nacional.

onde comer em Mendoza

tanta coisa boa para provar em Mendoza na Argentina: empanadas, doce de leite, parrilla e muuuuito vinho

Parrillas

As carnes  e as parrillas são um clássico argentino. E estão presentes com toda a força em Mendoza. Não deixe de provar as verduras assadas na parrilla, são o grande diferencial do churrasco argentino. E ainda: chimichurri (molho que acompanha a parrilla), as saladas sempre divinas e muito bem temperadas,a molleja (timo do boi) e as salsichas parrilleras.

Empandas

As empanadas são outro clássico da cozinha local. Uma espécie de pastel assado no forno, mas em várias versões de recheio com carne, azeitonas, ovos e até passas. Em muitas parrillas em Mendoza, as empanadas são servidas como entrada.

Doces em Compota

Um dos doces mais típicos de Mendoza são as compotas, como marmeladas, geleias e outras frutas cristalizadas (algumas estranhas como a alcayota, fruta típica da região). Os mendocinos comem os doces de compota com queijos.

Doce de leite

O doce de leite, assim como em toda a Argentina, também é outro doce marcante. A grande dica é provar o doce de leite e os alfajores da marca local e artesanal de Mendoza: Entre Dos. É possível comprar o doce de leite em vários estabalecimentos como o da loja de vinhos no centro da cidade, a Sol y Vino.

Azeites

A produção artesanal de azeites em Mendoza está crescendo. Muitas bodegas já produzem também o seu próprio azeite (como Zuccardi e Achaval Ferrer). Há inclusive ponto turístico para degustação de azeites aromatizados, a Olivícola Pasrai

Malbec

É o varietal ícone da região e não pode faltar para harmonizar com os pratos e restaurantes que você vai provar. Mas a dica é se deliciar também outros da região como Bonarda, Cabernet Sauvignon, Syrah e Tempranillo.

Prove também…

os embutidos, os queijos e o flan con dulce de leche

onde comer em Mendoza

Será que a gente comeu e bebeu bem em Mendoza ? Na foto: a parrilla na Susana Balbo (Espaço Crios), o prato do restaurante de Francis Mallmann, o sorvete incrível da Perin e o almoço harmonizado da El Enemigo

 

ONDE COMER EM MENDOZA: VINÍCOLAS


1. Casa El Enemigo

Bodega e casa de Alejandro Vigil, enólogo da Catena Zapata e considerado o atual Messi dos vinhos na Argentina. Alejandro foi eleito uns dos 30 melhores enólogos do mundo pela revista Decanter. É uma experiência im-per-dí-vel, tanto pela degustação dos vinhos (que são mais do que divinos) como também pela cozinha exemplar do chef Santiago Maestri que serve um menu em quatro passos de comer ajoelhado: com couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Fantástico. Reserve. Não é por menos que é o número 1 em restaurantes para comer em Mendoza na avaliação dos internautas no TripAdvisor.

Videla Aranda, 7008 Maipu, Mendoza
facebook.com/casaElEnemigo
Site enemigowines.com

—> Leia aqui o post do blog sobre o almoço harmonizado da El Enemigo 

2. Susana Balbo Wines (Dominio del Plata)

Susana Balbo é a grande personalidade feminina do vinho argentino. Seus vinhos tem um frescor maravilhoso. A vinícola oferece um restaurante (Osadía de Crear ) e um espaço gourmet especial para grupos ( Espacio Crios ) entre o jardim e os vinhedos da vinícola.  No restaurante é oferecido um menu da cozinha tradicional e mediterrânea.

O ambiente da bodega é lindo demais e quem recebe os comensais é a filha de Susana Balbo. Como estávamos em 10 pessoas foi feito uma parrilla argentina no Epacio Crios. O assado foi harmonizado com os vinhos da bodega. Vale a pena. Experiência nota 10!

Cochabamba 7801 Agrelo – Lujan de Cuyo, Mendoza
Site: www.susanabalbowines.com.ar
Contato: [email protected]  e  +54 261 4 989231
—> Leia aqui o post do blog sobre o almoço harmonizado na Susana Balbo

onde comer em Mendoza

 

3. Bodega La Azul

A La Azul é outra bodega da região do Valle de Uco. Uma bodega-boutique, pequena e familiar, toda charmosinha e rústica. O restaurante tem um ar jovem e despojado, com cores vibrantes nos objetos contrastando com o azul e branco que impera no ambiente e na paisagem aos pés do imponente Cordón del Plata.  A cozinha impressiona, foi um almoço harmonizado tão especial quanto o que tivemos na El Enemigo.

O menu em 5 passos é fantástico e os vinhos, idem. Após a refeição o proprietário e enólogo da casa, Ezequiel,  faz um breve tour pela propriedade e pelas barricas da La Azul. O cultivo de uvas e a produção de vinhos da família é uma tradição há mais de 70 anos.

Dica:

a La Azul fica bem próxima da vinícola Salentein que vale uma visita pela incrível arquitetura!!

Ruta 89, Camino a Tupungato, Tupungato
Tel.: +54 02622 423 593
Site:  bodegalaazul.com

—>  Leia aqui o post completo da nosso almoço na Bodega La Azul em Mendoza

4. Andeluna

Na Bodega Andeluna, o visual e decoração são mais interessante do que a comida (que é ok). Mas o astral da vinícola é incrível. Eu fiz a degustação e me apaixonei pela paisagem. O restaurante serve a tradicional parrilla argentina.  Os ingredientes são em grande parte orgânicos. O menu harmonizado pode ser servido de 6 ou 3 passos.

De quebra,  tem o destaque desse visual arrebatedor da Cordilheira no Valle de Uco. Porém, vale ressaltar: as bodegas do Valle de Uco são bem  mais distantes. Mas a paisagem vale o trajeto até lá.

RP89, 5561 Tupungato, Mendoza
Site: www.andeluna.com.ar

Outras bodegas com almoço harmonizado

– Casarena (Lujan de Cuyo) – junto com a El Enimigo, a Casarena vem disputando o título de melhores refeições em bodegas de Mendoza, sendo destaque no TripAdvisor na avaliação dos internautas. www.casarena.com

-Bodega Zuccardi – um dos almoços que já foi um dos mais populares de Mendoza na região de Maipú. O restaurante tem decoração rústica-chique.  www.familiazuccardi.com

-Bodega Largarde  (Lujan de Cuyo) – oferece menu de 3 a 6 passos, muito elogiada por quem fez.  www.lagarde.com.ar

ONDE COMER EM MENDOZA: RESTAURANTES 

 

5. 1884 Restaurante Francis Mallmann 


O restaurante do mais famosos chef argentino e mestre do fogo alto. Está situado dentro de uma das mais antigas bodegas em funcionamento de Mendoza, a Escorihuela Gascón. Não fica bem no centro de Mendoza, mas não é distante. Em 1993 a bodega foi aquirida por Nicolas Catena (dona da Catena Zapata) que investiu na modernização da Escorihuela Gascón e chamou o seu amigo Francis Mallmann para liderar esse incrível espaço gastronômico de Mendoza.  É um ambiente mais sofisticado com decoração bem ao estilo dos outros restauarantes de Francis Mallmann.

Há mesas ao ar livre próximas dos 3 fogos onde alguns pratos são elaborados e mesas no salão interno. Certamente, um must-go para quem é fã do chef. Meninas, provem a salada com figos!!!

 Belgrano 1188, 5501 Godoy Cruz, Mendoza
Telefone: +54 261 424-3336
Site: 1884restaurante.com.ar
Só abre para jantar, a partir das 20h30 (reservas são imprescindíveis!)

6. Azafran Restó

O Azafrán combina decoração charmosa, boa gastronomia e adega  com uma localização bem central em Mendoza. Perfeito para um jantar romântico. Faz uma interpretação mais elaborada da cozinha regional. É um dos queridinhos para comer à noite. Importante fazer reservas. Eu experimentei uma massa de berinjela defumada, mas o prato de carne recebeu muuitos elogios à mesa dos amigos, bem com as entradas.

Sarmiento 765  Mendoza (centro – quase com avenida Belgrano)

7. Ocho Cepas

Serve a tradicional parrilla argentina, mas também tem excelentes pratos elaborados com massas, carnes e pescados.  O ambiente do casarão é bem gostoso, intimista e está situado no centro de Mendoza. Todos os pratos que experimentamos (saladas, massas, carnes) estavam excelentes. Boa adega de vinhos.

Perú, 1192 – esquina Espejo
Facebook: ochocepas

 
 

8. Cordillera Vinos y Fuegos

Situado bem bem no centro de Mendoza.  O ambiente não tem nada de mais. Mas a comida é top, tanto que é um dos restaurantes mais bem avaliados de Mendoza no TripAdvisor. O carro-chefe são os assados e pratos com massas artesanais. Só abre à noite.
Avenida Belgrano Esquina de Liniers | Esquina de Liniers, Mendoza

Site: www.cordilleramendoza.com

ONDE COMER EM MENDOZA: CAFÉ 

9. Maria Antonieta

Um café e bistrô fofo, ao lado do excelente hotel Diplomatic de Mendoza. Detalhe: o empreendimento pertence à esposa de Francis Mallman. Excelente opção para um doce ou refeição despojada, bem mulherzinha!

Calle Dr Manuel Belgrano 1069, Mendoza (centro)
Site: www.mariaantonietaresto.com.ar 

Dicas Bônus:

-eu não fui, mas o restaurante Anna Bistro também é muito elogiado e bem avaliado no TripAdvisor. Fica a dica para o leitor. Se alguem for, por favor comente por aqui. Fica na  Avenida Dr Juan Bautista Justo 161.
-ao longo da Peatonal Sarmento (no centro de Mendoza, via de pedestres) você encontra vários cafés com mesas na calçada
-o hotel cinco estrelas Hyatt também tem um café com mesas ao ar livre e vista para o parque, vale a pena

ONDE COMER EM MENDOZA: SORVETE

10. Famiglia Perin Helados

Estamos na Argentina, terra do doce de leite e dos maravilhosos helados (sorvetes). E Mendoza tem uma sorveteria artesanal que parece saída de um túnel do tempo, a Perin. Do uniforme dos funcionários à decoração da casa, tudo remete ao passado. E a sorveteria é mesmo antiga de 1947, além de linda e muito saborosa. Amei esse lugar! Detalhe: a Perin fecha somente na madrugada! Ou seja, se bater uma ressaca de vinho, corre pra lá!

Sarmiento 799 esquina Belgrano
Abre às 10h e fecha às 3:00
Site: www.facebook.com/FamigliaPerinHelados

Para levar na mala:

Para comprar azeites, vinhos e doce leite, entre outros produtos locais, visite a loja no centro de Mendoza, a Sol y Vino  www.facebook.com/solyvino.  A loja  também vendem caixas especiais para levar as garrafas de vinho no avião!!

PS: não esqueça que o máximo permitido para se levar na bagagem do avião é de 6 garrafas por passageiro!

 

NÃO PERCA. TEM + DICAS DE MENDOZA NO BLOG:

POST ÍNDICE: tudo sbore Mendoza para você montar o seu roteiro

ONDE FICAR EM MENDOZA:  Veja 10 hotéis selecionados  no centro e vinhedos

QUEM LEVA : dica de transporte e guia para passeios vinícolas Mendoza

ROTEIRO MENDOZA ENTRE AMIGOS : nosso roteiro completo de vinícolas, restaurantes, passeios e hotel

ROTEIRO MENDOZA A DOIS – roteiro feito no inverno

VINÍCOLAS: 

SUSANA BALBO – visita e almoço harmonizado 

PULENTA ESTATE – degustação sensorial

ANDELUNA

BODEGA LA AZUL – visita e almoço harmonizado no Valle de Uco 

BODEGA NORTON – a experiência de enólogo por um dia

BODEGA EL ENEMIGO – almoço harmonizado imperdível em Mendoza na casa de Alejandro Vigil

BODEGA LA AZUL – almoço harmonizado neste lugar apaixonante no Valle de Uco

CATENA ZAPATA – visita e degustação vinícola do “pai” do Malbec argentino  

ACHAVAL FERRER visita e degustação top

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por café da manhã, vinhos e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Últimos Comentários
  • Olá Alexandra!

    Primeiramente, grata por compartilhar suas experiências e lindo blog com a gente!

    Estamos Indo para Mendoza (e depois Santiago e Lagos Andinos) no dia 01/04/2018. Li que você foi na mesma época para Mendoza e fez basicamente as mesmas coisas que estanos querendo fazer por lá,, por isso gostaria de tirar algumas dúvidas. Agradeço se puder me ajudar.

    Sobre clima, roupas, frio/calor: Pelas fotos vi que vocês pegaram uma época amena, típica de outono? Roupas leves e um casaquinho para uma eventual noite mais fresca, bastam?

    Vamos ficar no Diplomatic as 3 primeiras noites e no Villa Mansa as últimas 3. Vocês gostaram do Villa Mansa?

    Sabe me dizer se tem algum restaurante de VINICOLA que abre a noite para jantar?

    Vocês pagaram em torno de 1600,00 reais por pessoa por todos os passeios?

    Li no site da Receita Federal que cada passageiro pode entrar no Brasil com 12 litros, ou seja, 16 garrafas de vinho. Você comenta que a restrição é de 6 garrafas? Foram todas despachadas? Puderam trazer alguma na bagagem de mão?

    Grata se puder me ajudar nessas questões

    Abraços
    Silvana Gallo

  • Quando fsleinsobre pagar 1600.00 reais por pessoa, me referia ao guia LEO.

    Grata

  • Boa tarde, alexandra

    adorei todas as dicas e gostaria de saber com qual agência vocês fecharam os passeios.

    Pesquisei algumas, porém achei bem caro– media de 150dolares só o translado fora entradas das vinicolas e os almoços.

    Obrigada

  • Olá, Alexandra! Apaixonada pelos posts de mendoza. tenho uma dúvida: vocês descartaram piedra infinita (zuccardi) ou quando foram ela ainda não estava recebendo visitação?

      • sIM, A VINICOLA NOVA DELES EM VALE DO UCO, FINCA PIEDRA INFINITA. COMO É RELATIVAMENTE NOVA VI POUCAS POSTAGENS, MAS FIQUEI CURIOSA, RESOLVEMOS EXPERIMENTAR. dEPOIS RELATO A EXPERIÊNCIA. aBRAÇOS!

  • oi aLEXANDRA, VAMOS A MENDOZA NO COMEÇO DO PRÓXIMO MÊS E ESTOU AMANDO AS DICAS DE VOCÊS.
    poDERIA ME PASSAR O PREÇO DO MENU DEGUSTAÇÃO QUE FIZERAM NO EL INIMIGO E NA Susana Balbo (OSADÍA DE CREAR)?
    abS, karolina

DEIXE SEU COMENTÁRIO