Onde comer em Mendoza – vinícolas, restaurantes e comidinhas

Por Alexandra Aranovich

, , Quando começamos a montar o roteiro do destino campeão do vinho argentino logo me foquei na pesquisa:  ” onde comer em Mendoza “. Comer e beber bem em ambientes fantásticos e, quem sabe, emoldurados pela Cordilheira dos Andes e vinhedos de Mendoza, era o meu maior desejo e também do grupo de amigos que viajou comigo. Queríamos brindar à amizade, à boa mesa e ao Malbec. Mesmo com uma grande e faminta expectativa, Mendoza não decepcionou. A experiência enogastronômica é sem dúvida o carro-chefe do destino. Difícil comer e beber tão bem quanto em Mendoza. Impressionante !

Abaixo, listo experiências gastronômicas, comidinhas e principais restaurantes de Mendoza. Saiba que a cidade tem inúmeras rotas gastronômicas e oferece cozinha de autor, cozinha de montanha, cozinha de bodegas, cozinha regional, além de wine bars e doces.

onde comer em Mendoza

PS: na imagem acima, mesa ao ar livre da  bodega Andeluna e o incrível almoço harmonizado da Bodega La Azul!

As experiências mais autênticas e imperdíveis, ao meu ver, estão presentes nas refeições harmonizadas das vinícolas. Contudo, à noite o centro também reserva boas surpresas em ambientes para lá de inspiradores, tanto em cafés e bistrôs quanto em restaurantes. A cozinha do famoso chef argentino Francis Mallmann faz sucesso entre os turistas brasileiros. Mas atualmente quem está no topo da lista dos lugares imperdíveis para comer é a Casa El Enemigo, que certamente merece todos os elogios.

Tanta coisa boa para comer, tanto vinho bom para brindar. Mendoza é o paraíso dos famintos por viagem, apaixonados por vinho

O QUE COMER EM MENDOZA

Antes de sugerir os lugares, eis alguns ingredientes pratos que indico. Sabores especiais para provar nessa terra onde tudo harmoniza tão bem com o vinho nacional.

onde comer em Mendoza

tanta coisa boa para provar em Mendoza na Argentina: empanadas, doce de leite, parrilla e muuuuito vinho

Assados – as carnes  e as parrillas são um clássico argentino. E estão presentes com toda a força em Mendoza. Não deixe de provar as verduras assadas na parrilla, são o grande diferencial do churrasco argentino. E ainda: chimichurri (molho que acompanha a parrilla), as saladas sempre divinas e muito bem temperadas,a molleja (timo do boi) e as salsichas parrilleras.

Empanadas – outro clássico da cozinha local. Uma espécie de pastel assado no forno, mas em várias versões de recheio com carne, azeitonas, ovos e até passas. Em muitas parrillas em Mendoza, as empanadas são servidas como entrada.

Doces em compota
Um dos doces mais típicos de Mendoza são as compotas, como marmeladas, geleias e outras frutas cristalizadas (algumas estranhas como a alcayota, fruta típica da região). Os mendocinos comem os doces de compota com queijos.

Doce de leite
O doce de leite, assim como em toda a Argentina, também é outro doce marcante. A grande dica é provar o doce de leite e os alfajores da marca local e artesanal de Mendoza: Entre Dos. É possível comprar o doce de leite em vários estabalecimentos como o da loja de vinhos no centro da cidade, a Sol y Vino.

Azeite
A produção artesanal de azeites em Mendoza está crescendo. Muitas bodegas já produzem também o seu próprio azeite (como Zuccardi e Achaval Ferrer). Há inclusive ponto turístico para degustação de azeites aromatizados, a Olivícola Pasrai

Malbec
É o varietal ícone da região e não pode faltar para harmonizar com os pratos e restaurantes que você vai provar. Mas a dica é se deliciar também outros da região como Bonarda, Cabernet Sauvignon, Syrah e Tempranillo.

Prove ainda: os embutidos, os queijos e o flan con dulce de leche

onde comer em Mendoza

Será que a gente comeu e bebeu bem em Mendoza ? Na foto: a parrilla na Susana Balbo (Espaço Crios), o prato do restaurante de Francis Mallmann, o sorvete incrível da Perin e o almoço harmonizado da El Enemigo

 

ONDE COMER EM MENDOZA:
VINÍCOLAS


1. Casa El Enemigo

Bodega e casa de Alejandro Vigil, enólogo da Catena Zapata e considerado o atual Messi dos vinhos na Argentina. Alejandro foi eleito uns dos 30 melhores enólogos do mundo pela revista Decanter. É uma experiência im-per-dí-vel, tanto pela degustação dos vinhos (que são mais do que divinos) como também pela cozinha exemplar do chef Santiago Maestri que serve um menu em quatro passos de comer ajoelhado: com couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Fantástico. Reserve. Não é por menos que é o número 1 em restaurantes para comer em Mendoza na avaliação dos internautas no TripAdvisor.

Videla Aranda, 7008 Maipu, Mendoza
facebook.com/casaElEnemigo
Site enemigowines.com

—> Leia aqui o post do blog sobre o almoço harmonizado da El Enemigo 

2. Susana Balbo Wines (Dominio del Plata)

Susana Balbo é a grande personalidade feminina do vinho argentino. Seus vinhos tem um frescor maravilhoso. A vinícola oferece um restaurante (Osadía de Crear ) e um espaço gourmet especial para grupos ( Espacio Crios ) entre o jardim e os vinhedos da vinícola.  No restaurante é oferecido um menu da cozinha tradicional e mediterrânea.

O ambiente da bodega é lindo demais e quem recebe os comensais é a filha de Susana Balbo. Como estávamos em 10 pessoas foi feito uma parrilla argentina no Epacio Crios. O assado foi harmonizado com os vinhos da bodega. Vale a pena. Experiência nota 10!

Cochabamba 7801 Agrelo – Lujan de Cuyo, Mendoza
Site:www.susanabalbowines.com.ar
Contato: turismo@dominiodelplata.com.ar  e  +54 261 4 989231.

onde comer em Mendoza

 

3. Bodega La Azul

A La Azul é outra bodega da região do Valle de Uco. Uma bodega-boutique, pequena e familiar, toda charmosinha e rústica. O restaurante tem um ar jovem e despojado, com cores vibrantes nos objetos contrastando com o azul e branco que impera no ambiente e na paisagem aos pés do imponente Cordón del Plata.  A cozinha impressiona, foi um almoço harmonizado tão especial quanto o que tivemos na El Enemigo.

O menu em 5 passos é fantástico e os vinhos, idem. Após a refeição o proprietário e enólogo da casa, Ezequiel,  faz um breve tour pela propriedade e pelas barricas da La Azul. O cultivo de uvas e a produção de vinhos da família é uma tradição há mais de 70 anos.

Dica: a La Azul fica bem próxima da vinícola Salentein que vale uma visita pela incrível arquitetura!!

Ruta 89, Camino a Tupungato, Tupungato
Tel.: +54 02622 423 593
Site:  bodegalaazul.com

4. Andeluna

Na Bodega Andeluna, o visual e decoração são mais interessante do que a comida (que é ok). Mas o astral da vinícola é incrível. Eu fiz a degustação e me apaixonei pela paisagem. O restaurante serve a tradicional parrilla argentina.  Os ingredientes são em grande parte orgânicos. O menu harmonizado pode ser servido de 6 ou 3 passos.

De quebra,  tem o destaque desse visual arrebatedor da Cordilheira no Valle de Uco. Porém, vale ressaltar: as bodegas do Valle de Uco são bem  mais distantes. Mas a paisagem vale o trajeto até lá.

RP89, 5561 Tupungato, Mendoza
Site: www.andeluna.com.ar

Outras bodegas com almoço harmonizado

– Casarena (Lujan de Cuyo) – junto com a El Enimigo, a Casarena vem disputando o título de melhores refeições em bodegas de Mendoza, sendo destaque no TripAdvisor na avaliação dos internautas. www.casarena.com

-Bodega Zuccardi – um dos almoços que já foi um dos mais populares de Mendoza na região de Maipú. O restaurante tem decoração rústica-chique.  www.familiazuccardi.com

-Bodega Largarde  (Lujan de Cuyo) – oferece menu de 3 a 6 passos, muito elogiada por quem fez.  www.lagarde.com.ar

ONDE COMER EM MENDOZA:
RESTAURANTES 

 

5. 1884 Restaurante Francis Mallmann 


O restaurante do mais famosos chef argentino e mestre do fogo alto. Está situado dentro de uma das mais antigas bodegas em funcionamento de Mendoza, a Escorihuela Gascón. Não fica bem no centro de Mendoza, mas não é distante. Em 1993 a bodega foi aquirida por Nicolas Catena (dona da Catena Zapata) que investiu na modernização da Escorihuela Gascón e chamou o seu amigo Francis Mallmann para liderar esse incrível espaço gastronômico de Mendoza.  É um ambiente mais sofisticado com decoração bem ao estilo dos outros restauarantes de Francis Mallmann.

Há mesas ao ar livre próximas dos 3 fogos onde alguns pratos são elaborados e mesas no salão interno. Certamente, um must-go para quem é fã do chef. Meninas, provem a salada com figos!!!

 Belgrano 1188, 5501 Godoy Cruz, Mendoza
Telefone: +54 261 424-3336
Site: 1884restaurante.com.ar
Só abre para jantar, a partir das 20h30 (reservas são imprescindíveis!)

6. Azafran Restó

O Azafrán combina decoração charmosa, boa gastronomia e adega  com uma localização bem central em Mendoza. Perfeito para um jantar romântico. Faz uma interpretação mais elaborada da cozinha regional. É um dos queridinhos para comer à noite. Importante fazer reservas. Eu experimentei uma massa de berinjela defumada, mas o prato de carne recebeu muuitos elogios à mesa dos amigos, bem com as entradas.

Sarmiento 765  Mendoza (centro – quase com avenida Belgrano)

7. Ocho Cepas

Serve a tradicional parrilla argentina, mas também tem excelentes pratos elaborados com massas, carnes e pescados.  O ambiente do casarão é bem gostoso, intimista e está situado no centro de Mendoza. Todos os pratos que experimentamos (saladas, massas, carnes) estavam excelentes. Boa adega de vinhos.

Perú, 1192 – esquina Espejo
Facebook: ochocepas

 
 

8. Cordillera Vinos y Fuegos

Situado bem bem no centro de Mendoza.  O ambiente não tem nada de mais. Mas a comida é top, tanto que é um dos restaurantes mais bem avaliados de Mendoza no TripAdvisor. O carro-chefe são os assados e pratos com massas artesanais. Só abre à noite.
Avenida Belgrano Esquina de Liniers | Esquina de Liniers, Mendoza

Site: www.cordilleramendoza.com

ONDE COMER EM MENDOZA:
CAFÉ 

9. Maria Antonieta

Um café e bistrô fofo, ao lado do excelente hotel Diplomatic de Mendoza. Detalhe: o empreendimento pertence à esposa de Francis Mallman. Excelente opção para um doce ou refeição despojada, bem mulherzinha!

Calle Dr Manuel Belgrano 1069, Mendoza (centro)
Site: www.mariaantonietaresto.com.ar 
Dicas Bônus:
-eu não fui, mas o restaurante Anna Bistro também é muito elogiado e bem avaliado no TripAdvisor. Fica a dica para o leitor. Se alguem for, por favor comente por aqui. Fica na  Avenida Dr Juan Bautista Justo 161.
-ao longo da Peatonal Sarmento (no centro de Mendoza, via de pedestres) você encontra vários cafés com mesas na calçada
-o hotel cinco estrelas Hyatt também tem um café com mesas ao ar livre e vista para o parque, vale a pena

ONDE COMER EM MENDOZA:
SORVETE

10. Famiglia Perin Helados

Estamos na Argentina, terra do doce de leite e dos maravilhosos helados (sorvetes). E Mendoza tem uma sorveteria artesanal que parece saída de um túnel do tempo, a Perin. Do uniforme dos funcionários à decoração da casa, tudo remete ao passado. E a sorveteria é mesmo antiga de 1947, além de linda e muito saborosa. Amei esse lugar! Detalhe: a Perin fecha somente na madrugada! Ou seja, se bater uma ressaca de vinho, corre pra lá!

Sarmiento 799 esquina Belgrano
Abre às 10h e fecha às 3:00
Site: www.facebook.com/FamigliaPerinHelados

Para levar na mala:

Para comprar azeites, vinhos e doce leite, entre outros produtos locais, visite a loja no centro de Mendoza, a Sol y Vino  www.facebook.com/solyvino.  A loja  também vendem caixas especiais para levar as garrafas de vinho no avião!!

PS: não esqueça que o máximo permitido para se levar na bagagem do avião é de 6 garrafas por passageiro!

 

NÃO PERCA.
TEM + DICAS DE MENDOZA NO BLOG:

 

ONDE FICAR EM MENDOZA:  Veja 10 hotéis selecionados  no centro e vinhedos

QUEM LEVA : dica de transporte e guia para passeios vinícolas Mendoza

ROTEIRO MENDOZA ENTRE AMIGOS : nosso roteiro completo de vinícolas, restaurantes, passeios e hotel

ROTEIRO MENDOZA A DOIS – roteiro feito no inverno

VINÍCOLAS: 

BODEGA NORTON – a experiência de enólogo por um dia

BODEGA EL ENEMIGO – almoço harmonizado imperdível em Mendoza na casa de Alejandro Vigil

BODEGA LA AZUL – almoço harmonizado neste lugar apaixonante no Valle de Uco

CATENA ZAPATA – visita e degustação vinícola do “pai” do Malbec argentino  

ACHAVAL FERRER visita e degustação top

  • Compartilhe
Alexandra Aranovich
Alexandra Aranovich
A autora dos textos e fotos do blog é publicitária e faminta por viagens e experiências gastronômicas. Além do Café Viagem, é colunista do Caderno Vida do jornal Zero Hora, autora do Guia Essencial Gramado e Canela da Pulp e do blog Destemperadinhos. Mora em Porto Alegre, mas vive por aí com o coração no mundo, sonhando com o próximo destino.
18
jun
17
Deixe o seu comentário!