Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

Vinhos nobres Orgalindo Bettú – novidade para degustar em Garibaldi

Vinhos nobres Orgalindo Bettú – experiência nova em Garibaldi

Já que os dias em tempos de coronavírus precisam de mais poesia, esta experiência chegou engarrafada: vinhos Orgalindo Bettú, uma visita a nova experiência de enoturismo da serra gaúcha, em Garibaldi (RS). Recomento fortemente principalmente para quem aprecia vinhos de qualidade. Uma aula de enocultura e sentimentos com o viticultor e enólogo Orgalindo Bettú e sua esposa Dona Fátima. Depois de trabalhar 16 anos como enólogo-chefe da renomada vinícola Vila Francioni de Santa Catarina – fundada pelo empresário Dilôr Freitas, Bettú e sua esposa voltam a sua terra de origem. Tudo para realizar o sonho de abrir sua própria vinícola no interior de Garibaldi onde o restante da família reside (Bettú é irmão de Dona Odete da Osterial della Colombina). Há dois anos, o casal aguardava a licença para abrir a propriedade para visitação, degustação e comercialização de seus vinhos nobres e muito exclusivos. Demorou, mas enfim a licença chegou este ano, após uma longa espera. Comemorem, pois os vinhos são incríveis!
Orgalindo Bettu Garibaldi

Fátima e Orgaldino Bettú, Café Viagem e Cesar e Fernanda do Hotel Casacurta

A convite do meu amigo e sommelier Cesar Nicolini (proprietário do Hotel Casacurta), fui conhecer o local e fiquei encantada. Fomos recebidos por Fátima e Orgalindo Bettú. São poucos hectares, mas tudo único e cultivado com amor e muito conhecimento adquirido ao longo dos anos. Orgalindo fez especialização na França e ao longo dos 16 anos que trabalhou na Vila Francioni teve contato com muitos profissionais renomados da área como enólogos californianos (da Mondavi), entre outros. Tenho certeza que não só Bettú aprendeu como esses profissionais como eles também aprenderam – e muito – com este profissional gaúcho conceituado, simples e tranquilo, apaixonado pelo que faz .
Orgalindo Bettu

Orgalindo Bettu Garibaldi

Onde fica a vinícola Orgalindo Bettú

A partir do Centro de Garibaldi, siga em direção à Estrada do Sabor, rota turística na área rural da cidade. Antes de chegar à Osteria della Colombina (da Estrada do Sabor) dobre à esquerda em direção da Vinícola Carlesso. A vinhos Orgalindo Bettú será logo após a Carlesso, na Linha São Jorge.

 

Visita aos vinhedos Orgalindo Bettú

Primeiramente, visitamos os vinhedos onde as variedades plantadas impressionam: Sauvignon Blanc, chardonnay, Malbec, Petti Verdot, Marselan, entre outras.
Os parreirais em sistema espaldeira mais parecem um projeto de paisagismo tamanho o capricho da poda, fruto da dedicação do casal. Outro fator que se sobressai são as pedras entre os parreirais. Orgalindo Bettú conta que o terreno foi mantido como estava, de forma natural. Ou seja, a terra não recebeu a interferência de máquinas com retirada das pedras. Assim, o solo pode expressar 100% das características da região. Segundo Bettú, é mais trabalhoso mas compensador  em termos de qualidade e personalidade do terroir no vinho.
Nos vinhedos vi pela primeira vez ao vivo o botrytis cinerea na uva, fungo conhecimento como podridão nobre que faz o famoso vinho de sobremesa quando cultivado em condições ideais. Bettú espera fazer um vinho brotritizado da safra 2020. Quem visitar os vinhedos nos próximos dias vai ver de perto o fungo nobre nas uvas e a excelente maturação de todas as uvas do parreiral que foram abençoadas por um clima seco.

Aliás, especialistas dizem que 2020 será um ano de uma safra da serra gaúcha histórica em termos de qualidade. Orgalindo Bettú está entusiasmado com a qualidade de suas uvas deste ano.

Degustação dos vinhos Orgalindo e Fátima Bettú

Quando já era quase noite, entramos no espaço dedicado à degustação e venda de vinhos. Fátima serviu focaccia feita por ela. Iniciamos a degustação com um Dona Fátima Chardonnay 2017. No nariz parecia um pouco agressivo, mas em boca espetacular! Oragalindo Bettú nos explicou que seu estilo de vinho branco em barrica tem muita influência na escola californiana. São vinhos brancos que podem amadurecer por 10 ou 15 anos tranquilamente, com bom potencial de evolução.
vinhos Orgalindo Bettu
Dona Fátima Orgalindo Bettu

Nós desgostamos o Dona Fátima 2017 que ainda não tinha o rótulo

 

Na sequência, degustamos um tinto 2006 corte de cabernet sauvignon, cabernet franc, merlot, malbec e um 3 a 4% de petit verdot. Na opinião de Orgalindo o vinho ainda tem taninos para amadurecer, não está complemente redondo. Mas nada impede que ele possa ser degustado. Segundo o enólogo, a plenitude da maciez deste vinho que já tem 14 anos só será atingida ao completar 20 anos. Na minha humilde opinião, o vinho já estava maravilhoso.

A seguir, provamos um espumante extra brut método tradicional que passou 5 anos sob leveduras amadurecendo – estilo diferente dos espumantes brasileiros.
A grande surpresa chegou no final, um vinho de sobremesa de colheita tardia. Simplesmente es-pe-ta-cu-lar.  Na próxima visita, vou comprar este.
Comprei o Chardonnay 2017, um Cabernet Franc 2008 por indicação do Cesar que já tinha provado e achou espetacular e um Sauvignon Blanc 2016

Quanto custa degustação dos vinhos Orgalindo e Fátima Bettú

As visitas na vinícola boutique de Orgalindo Bettú e Dona Fátima precisam ser agendadas por WhatsApp. Degustações custam entre 80 a 100 reais (de 3 a 5 vinhos – o preço depende do rótulo a ser degustação e não da quantidade). O valor da degustação pode ser revertido em compra de vinho. Bettú e Fátima tem preferência por grupos pequenos, entre 2 a 8 pessoas.

SAIBA MAIS

Vinhos Orgalindo e Fátima Bettú
Linha São Jorge, Garibaldi -serra gaúcha
(próximo a vinícola Carlesso)
Rio Grande do Sul, Brasil
Contato WhatsApp: (54) 99630 4152

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por café da manhã, vinhos e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Sem Comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO