Um caso de amor com Carmelo, refúgio de luxo no Uruguai

Por Alexandra Aranovich

Punta del Este é a associação mais rápida e lógica quando se pensa em destino elegante no Uruguai, certo? Ledo engano. Carmelo, Colonia do Sacramento e Montevidéu foram as cidades do nosso incrível  roteiro romântico pelo Rio da Prata que durou 5 noites estreladas e seis dias ensolarados (que sorte!) e surpreendeu muito no quesito luxo e charme sem ter sequer uma noite em Punta. E foi justo na pequena e pacata Carmelo (a 70 km de distância de Colônia) que me vi repetindo várias vezes ao meu marido: “Eu casaria outra vez contigo aqui”.

Four Seasons Carmelo Uruguai

Nos declaramos apaixonados pelo cenário e atmosfera rústica-chique de Carmelo. A mais pura elegância típica uruguaia – sem exageros – e em seu tom mais perfeito. Mergulhamos num rio de tranquilidade, na aquarela do pôr do sol e em sabores memoráveis. Abaixo, você vai descobrir por que achei Carmelo um destino perfeito para casar , namorar ou comemorar a vida. 

Um lugar mágico com vinícola, bosque, resort de luxo e porto

Um lugar encantador com vinícola, bosque, resort de luxo e porto

DCIM100GOPRO


Como chegar em Carmelo no Uruguai 

De carro : alugamos um carro  em Montevidéu  (onde ficamos dois dias, veja aqui) e partimos para Colonia del Sacramento  (onde ficamos um dia e meio – veja aqui o roteiro). De lá,  fomos para Carmelo pela Ruta 21 embalados pelos versos das músicas do uruguaio Jorge Drexler. A estrada foi tranquila e com pouco trânsito.

chegando em Carmelo de carro depois de visitar Colonia del Sacramento

chegando em Carmelo de carro depois de visitar Colonia del Sacramento

De barco : muita gente vai até Carmelo de barco pela Argentina. De buquebus (que vai de Buenos Aires a Colônia) é preciso solicitar transfer ( o Four Seasons cobra 60 dólares por pessoa) ou alugar carro para percorrer os 70 km até Carmelo. Há a opção de pegar um barco mais simples que parte do Tigre (próximo de Buenos Aires) e vai até Carmelo e Montevidéu. Ouvi falar que o passeio é agradável e o trajeto dura por volta de 2 horas e meia do Tigre a Carmelo. Já os argentinos (e turistas) endinheirados chegam à Carmelo de jatinho ou cruzando o rio de iate.

Na estrada para Carmelo na Ruta 21

Na estrada para Carmelo na Ruta 21 começa o clima mágico

 

Mas afinal, o que faz da bucólica Carmelo um destino de luxo e de charme internacional ?

Um destino para casar, para namorar ou simplesmente para ser feliz!

Explico nessa experiência magnífica que tivemos a oportunidade de aproveitar intensamente a dois …

 

 O    F O U  R    S  E A S O N S   (agora HYATT)  E    A     M A G I A    D E    P U E R T O   C A R M E L O 

Four Seasons Carmelo 15 1

Eu já tinha lido e ouvido falar muito bem sobre o FOUR SEASONS CARMELO (que desde de 31/04/2015 passou a ser HYATT CARMELO RESORT & SPA). Era um sonho conhecer e se hospedar nesse resort situado onde a tranquilidade e a natureza vivem em plena harmonia.  Mas o que eu não imaginava era encontrar por lá mais do que um hotel com todo o conforto e requinte.

Four Seasons Carmelo (16)

Fala sério, como não cair de amores por esse lugar?

Fala sério, como não cair de amores por esse lugar?

Então descobri que, há pouco mais de dez anos, o argentino Eduardo ‘Pacha’ Cantón se esmerou quando resolveu investir em Carmelo para transformá-la num refúgio de luxo. Aos poucos, ele investiu na Granja e Finca Narbona, no campo de golfe, no porto, num haras e, enfim, foi criando um complexo dos sonhos que chamou de PUERTO CARMELO e que inclui nada mais nada menos do que um resort (antes da rede Four Seasons e, agora, de propriedade apenas de Pacha).  

Four Seasons Carmelo (2)

E é a soma de todas essas atrações oferecidas na área de bosques e videiras às margens do Rio da Prata que torna a hospedagem em Carmelo única e inesquecível. Um luxo. Com tanta exclusividade para curtir, não sobrou tempo para descobrir um pouco mais do centro de Carmelo – cidade pequena e autêntica.
Four Seasons Carmelo (8)

A região une experiências distintas e coladinhas uma na outra em meio à exuberante natureza e ao paisagismo singular. Iniciando pelo próprio hotel CARMELO RESORT & SPA que figura na lista da “Travel + Leisure” como um dos 100 melhores hotéis do mundo. Há bangalôs amplos e com decoração impecável para casais ou famílias. A programação é tão relaxante quanto a paisagem que massageia a alma: passeios de bicicletas, spa, cavalgadas, aulas de ioga, campo de golfe e banho de piscina e rio na praia privativaCarmelo Four Seasons

Tanto o café da manhã quanto as refeições do respeitável restaurante do hotel fazem os comensais levitarem. Leia o post completo da nossa experiência em > www.cafeviagem.com/lua-de-mel-carmelo-resort-spa-uruguai/

 O     P U E R T O    C A M A C H O

Puerto Camacho Carmelo

Em nosso segundo dia em Carmelo, pegamos as bikes do hotel e saímos pedalando para descobrir a vizinhança charmosa. A apenas 2 km do Four Seasons, está o PUERTO CAMACHO que oferece  aluguel de barcos e caiaques, o despretensioso restaurante “BASTA PEDRO”, uma lechería com produtos caseiros da GRANJA NARBONA e uma capelinha dos sonhos para quem sonha em se casar na região.

Pedalando do Four Seasons até Puerto Camacho

Pedalando do Resort até Puerto Camacho

Aviso: vai ser impossível você não se encantar com cada detalhe desse cantinho cheio de alma! Infelizmente, como era uma segunda-feira, o restaurante Basta Pedro e a lechería estavam fechados. Abrem de quarta a domingo para almoço e de sexta à sábado, para jantar.

A capelinha de Puerto Camacho, lindaaaa!

A capelinha de Puerto Camacho, lindaaaa!

Por todos os cantos, uma decoração inspiradora

Por todos os cantos, uma decoração inspiradora

As mesas do restaurantes Basta Pedro

As mesas do restaurantes Basta Pedro

 

A   S U P R E E N D E N T E    N A R B O N A   W I N E    L O D G E

Narbona Carmelo Uruguay (20) copy
Um pouco além de Puerto Camacho está localizado uma jóia rara, a FINCA Y GRANJA NARBONA. Atualmente, o local é chamado de Narbona Wine Lodge. O empreendimento foi um dos primeiros investimentos de Pacha Cantón em Carmelo. Ele adquiriu os 50 hectares onde um dia esteve situada uma das primeiras bodegas do Uruguai. Além da decoração primorosa, foi preservado detalhe da estância original de 1909 de Juan de Narbona.

Narbona Carmelo Uruguay (8)
Narbona Carmelo Uruguay (2)

Prepare-se para entrar num cenário ci-ne-ma-to-grá-fi-co (resultado do exagero de fotos neste post!). Como provavelmente você irá beber e comer por lá, recomendo ir de carro (e não de bike como fizemos em Puerto Camacho). O local é misto de vinícola, Wine Lodge com apenas cinco quartos, restaurante (almoço e jantar) e produtora de azeites, compotas e laticínios frescos e caseiros.

Bodega Narbona Carmelo
Narbona Vinicola
Narbona Fiambreria

Narbona

 

Dois programas imperdíveis na Narbona Wine Lodge:

1. reservar uma mesa para uma refeição memorável (solicite no hotel)

O charme do restaurante da Narbona

O charme do restaurante da Narbona


2. agendar degustação
com a jovem e renomada enóloga da casa, Valeria Chiola. Você vai comprovar por que experts no assunto vêm conferindo aos vinhos Tannat da Narbona uma complexidade aromática e gustativa acima das expectativas. Não sei se foram os vinhos ou o cenário do entorno, mas foi a melhor experiência de degustação da minha vida, so far, so good!  E regada a queijos frescos que harmonizavam em perfeita sintonia com as bebidas. O ambiente da sala onde é feita a degustação é fantástico. Degustamos 3 vinhos: Sauvignon Blanc, um Pinot Noir e, por fim, o maravilhoso Tannat (esta última, uva predominante do terroir uruguaio).

O clima fantástico da experiência de degustação dos vinhos Narbona

O clima fantástico da experiência de degustação dos vinhos Narbona

O Sauvignon blanc, degustado com burrata e queijo da colônia, é um vinho mais mineral com notas  suaves de pomelo e abacaxi. O Pinot Noir, mais intenso, tinha notas fantásticas de frutas do bosque e foi harmonizado com brie da Granja Narbona e provolone. Já o Tannat, mais potente e encorpado, com notas incríveis de chocolate amargo e passas, precisou de algo mais forte para acompanhar como o queijo parmesão. Um prato de cordeiro fica sublime com esse vinho da Narbona.

No Guia Descorchados 2014 (dos experts em avaliar os vinhos da América do Sul)  três vinhos da Narbona foram avaliados: Tannat Roble 2010 com 91/100 pts., Luz de Luna Tannat 2011 (89/100) e Narbona Rosé Tannat 2011 (88/100).

Uma sala especial na bodega onde são realizados eventos ou degustação para grandes grupos

Uma sala especial na bodega onde são realizados eventos ou degustação para grandes grupos

E o melhor é que você pode comprar os vinhos e queijos na própria Narbona para levar para o seu bangalô do Four Seasons Carmelo Resort & Spa. No Brasil, os vinhos da Narbona são encontrados na importadora  Devinum.


Narbona Carmelo Uruguay (1)

Narbona Carmelo Uruguay (32)

Fiquei tentada em me hospedar no Lodge da Narbona. A suíte que visitei era divina (são apenas 5). Contudo, conheci uma brasileira em Carmelo (que por sinal mora na argentina há 20 anos) que me revelou que atualmente o serviço no Four Seasons é infinitamente melhor do que o da Narbona. Independente da qualidade do serviço, o lugar é pura inspiração. Lindo demais em todos os detalhes.

a suíte e a piscina do Wine Lodge Narbona

a suíte e a piscina do Wine Lodge Narbona

Finca Narbona Carmelo

varanda de quem se hospeda em uma das suítes do Wine Lodge

varanda de quem se hospeda em uma das suítes do Wine Lodge

Por fim, para quem for pedir um vinho no hotel Four Seasons, a recomendação é brindar a aquarela do entardecer no Rio da Prata no bar em frente à piscina. Peça o expressivo Tannat Roble da Narbona e sinta as notas sutis de chocolate. De preferência, muito bem acompanhado (a).

esse é o lugar para estar sem falta no fim da tarde!

De volta ao hotel , este é o lugar. Reserve o fim de tarde na piscina!

O fim de tarde sublime na pisicna do Four Seasons

O clima do entardecer sublime na piscina do Four Seasons que desde abril passou a se chamar apenas Carmelo Resort & SPA

Four Seasons Uruguai (7)

Ah, e aviso:  o destino é tão inspirador e romântico que no embalo do vinho, da boa música, da lareira ao ar livre e da paisagem você pode acabar pedindo a mão de alguém em casamento. Mesmo que ela já seja a sua mulher há mais de 15 anos, não é, Mojo?

The End


unnamed-1
SAIBA
MAIS

 


CARMELO  | Uruguai
Cidade a 70 km de Colonia del Sacramento com um refúgio de luxo chamado Puerto Carmelo que inclui: resort, wine lodge, vinícola, porto, granja, campo de golfe, cavalgadas e experiências gastronômicas sublimes. Saiba mais em: www.puertocarmelo.com

ONDE FICAR

Carmelo Resort & SPA
Ruta 21, Km 262
 www.carmeloresortspa.com
Diárias a partir de 370 dólares. Pesquise aqui melhores tarifas, avaliações e faça sua reserva!
Leia o post completo da experiência no hotel aqui!

Wine Lodge Narbona Carmelo
Ruta 21, Km 268
Pesquise aqui melhores tarifas, avaliações e faça sua reserva !

Outros hotéis  em Carmelo, confira aqui!

PASSEIOS

Finca y Granja Narbona | Bodega, restaurante e hotel
Ruta 21 km 268
www.narbona.com.uy

Puerto Camacho e Restaurante Basta Pedro| Carmelo
www.puertocarmelo.com

Casamentos: para quem estiver  mesmo procurando um destino para casar, recomendo Carmelo fortemente. Ideal para poucos convidados (até 1o0/150 pessoas). Sugiro casar de dia na capelinha de Puerto Camacho, uma festa na Narbona Wine Lodge e a lua de mel no Four Seasons Carmelo! Fica a dica de quem se apaixonou pela região e ama o Uruguai, um dos destinos mais acessados do Café Viagem.

********** LEIA TAMBÉM SOBRE URUGUAI NO CAFÉ VIAGEM

14 endereços para se apaixonar pelo Rio da Prata
Lua de de Mel no Uruguai  | o roteiro romântico em Montevideú, Colônia e Carmelo
Melhores Hotéis no Uruguai  |
uma seleção de hotéis luxuosos ou charmosos que recomendamos aos leitores
Roteiro Colonia del Sacramento 24 horas  |  
dicas para quem quer aproveitar e namorar em Colonia
Lua de Mel dos sonhos: Carmelo Resort & Spa

POST ÍNDICE URUGUAI  NO CAFÉ VIAGEM.

**********  PESQUISE : HOTEL E ALUGUEL DE CARRO

 TARIFAS CARMELO RESORT & SPA NO BOOKING
MELHORES TARIFAS ALUGUEL DE CARRO NO URUGUAI

Hotel Carmelo

 

Cafe Viagem Instagram

** A degustação de vinhos do casal deste post foi um convite da Bodega Narbona. Ficamos 2 noites no  Carmelo Resort & SPA. Um das diárias foi cortesia do Four Seasons (rede que administrava o hotel até abril de 2015). A segunda diária, assim como refeições e serviços extras do hotel foram pagos do nosso bolso. A experiência aconteceu no mês de outubro com temperaturas perfeitas por volta de 27 o C

  • Compartilhe
Alexandra Aranovich
Alexandra Aranovich
A autora dos textos e fotos do blog é publicitária e faminta por viagens e experiências gastronômicas. Além do Café Viagem, é colunista do Caderno Vida do jornal Zero Hora, autora do Guia Essencial Gramado e Canela da Pulp e do blog Destemperadinhos. Mora em Porto Alegre, mas vive por aí com o coração no mundo, sonhando com o próximo destino.
07
abr
15
Deixe o seu comentário!
  1. Adriele Motta08/04/2015 - 19:24

    Olá Alexandra. Há tempos acompanho o Café com Viagem e uso as suas dicas para programar passeios e férias, porém esta é a primeira vez que me aventuro na postagem de um comentário. Pode ser por que tinha uma grande expectativa com relação a Carmelo, o que acabou em uma frustração na mesma proporção. Fiz um passeio à cidade no final do ano passado, aproveitando uma estada em Colônia. Pesquisando no Tripadvisor, encontrei a Narbona e me encantei pelo lugar, apesar das recomendações positivas não serem uma unanimidade. De toda forma, fiz uma reserva para almoço – com mais de um mês de antecedência, que foi logo confirmada pela equipe do restaurante. Chegando no local, fiquei encantada, tanto o cenário externo quanto o ambiente do restaurante condiziam com as fotos que tinha visto. Eu e meu marido entramos na restaurante, que naquele dia estava vazio, cumprimentamos uma das cozinheiras e ficamos descobrindo o local, esperando alguém nos receber/atender. Quase meia hora depois, já cansados de esperar e tendo em vista que a equipe do restaurante sabia que tinham pessoas esperando, fomos embora indignados. Para completar, não conseguimos conhecer Puerto Camacho – quando paramos na portaria, o atendente – que por sinal era um rapaz muito prestativo – informou que o local era de acesso exclusivo para hóspedes da Narbona e do Four Seasons! A decepção com Carmelo foi compensada em Colônia, com uma picada e uma taça de vinho no autêntico Buen Suspiro.

    • Alexandra Aranovich08/04/2015 - 19:58

      Oi Adriele

      Muito obrigada pelo seu comentário. Sua opnião é sempre bem-vinda!!!!!!! Nossa experiência de degustação por lá foi realmente incrível. Eu sonho em voltar um dia. Mas como comentei rapidamente no texto acima, conheci um casal durante nossa viagem que se hospedou no Wine Lodge da Narbona e fez sérias críticas ao serviço. Eles conseguiram trocar a diária para uma noite no Four Seasons que tem um serviço impecável (divino, por sinal). Juntando com o seu comentário, acredito que eles precisam sim aprimorar o atendimento. Não dá para ser feliz só admirando tudo com os olhos, concorda? Diga-se de passagem, eu também não fui muito bem atendida na filial da Narbona em Punta del Este. Mas isso já faz muito, muito tempo (5 anos atrás)

      Fica a dica para os leitores: quem não se hospeda na região (Four Seasons ou Wine Lodge) não consegue explorar bem Puerto Carmelo. Faz parte de uma experiência exclusiva dos hóspedes do Four Seasons e Wine Lodge.

      Abraços
      Ale

  2. Bóia20/04/2015 - 09:46

    Oi, Alê. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

  3. Kika Azevedo20/04/2015 - 20:55

    Olá Alexandra, adoro seu blog, acho lindo e com dicas preciosas!!!
    Em Setembro faço 40 anos e estou querendo curtir no Uruguai seguindo suas indicações… Só que ontem entrei no site do Four Seasons e descobri que hotel de Carmelo nao faz mais parte da rede… fiquei arrasada… Basta saber agora qual a rede que ficará encarregada de administrar o hotel… mas bem provável de perder um pouco do charme, do excelente atendimento … o que vc acha??? um abraço e parabéns pelo blog!!!

    • Alexandra Aranovich21/04/2015 - 12:04

      Kika!!!!!
      Nossa, sério? Não acreditei. A rede Four Seasons é tudo por lá. Pois além do local ser lindo, o atendimento fazia toda a diferença também. Bem, se eles manterem o padrão da gastronomia e serviço (espero que sim!) acho que apostaria sim. Principalmente num roteiro junto com Colonia.
      Dá uma olhada nos comentários recentes do TripAvisor para ver se manteve o padrão.
      beijos grandes e obrigada pela informação e comentário no blog
      Alexandra

  4. Daniel Conceição25/07/2015 - 02:40

    Animal esse post! Parabéns!
    Tô montando meu roteiro pelo Uruguai e me ajudou muito!

    Abraços

  5. […] Alexandra do Café Viagem fez a degustação na Narbona, a Nivea do Viagens Invisíveis fez certo, ficou mais tempo por lá […]

  6. Adriana26/06/2017 - 22:33

    Ola, queria saber em que epoca vc foi para saber em que clima melhor ir…