Estação das Docas de Belém do Pará – gastronomia e passeio de barco

Por Alexandra Aranovich

A Estação das Docas de Belém do Pará é um dos cartões postais da cidade. Trata-se de um complexo turístico moderno construído em galpões de ferro restaurados do antigo porto.  Foi inaugurado em no ano de 2000 e oferece várias opções gastronômicas, lojas de artesanato e passeios de barco pela Baía do Guajará. E mais do que tudo: um visual lindoooo da capital do Pará às margens do rio.Estacao das Docas Belem do Para (2) copy

——- O fim de tarde

As Docas abriram o nosso roteiro de fim de semana prolongado em Belém, foi o nosso primeiro passeio por lá. Chegamos na sexta-feira, largamos nossas coisas no hotel Radisson e pegamos um táxi até o local. É um programa perfeito para fazer no fim de tarde. Isso porque, afora a gastronomia , a Estação das Docas tem como um de seus grandes atrativos a contemplação do pôr do sol no rio Guajará. Muitos turistas e casais caminham e namoram no local que nos pareceu seguro e tranquilo.

Chegando nas Docas no fim da tarde

Chegando nas Docas no fim da tarde

Estacao das Docas Belem do Para (1)

Estacao das Docas Belem do Para (10)

Só mais uma foto, prometo...

Só mais uma foto, prometo…

Durante a caminhada pelas Docas, vimos uma apresentação cultural de dança regional

Durante a caminhada pelas Docas, vimos uma apresentação cultural de dança regional

——- A cerveja

Após apreciarmos o fim de tarde, fomos conhecer a famosa cervejaria AMAZON BEER com mesas na varanda ao ar livre e no ambiente interno. O local lota no fim de tarde. É descontraído e animado. Muita gente petiscando e bebendo. As cervejas artesanais têm sabores originais, nos apaixonamos. A nossa preferida foi a de cerveja de Bacuri (fruta nativa). Vimos também um showzinho de MPB no palco deslizante do teto, algo surpreendente (era um antigo transportador de cargas que foi adaptado).

Se tem Estação das Docas, tem que ter cerveja Amazon Beer - parada obrigatória

Se tem Estação das Docas, tem que ter cerveja Amazon Beer – parada obrigatória

O palco com músicos

O palco com músicos no teto na Amazon Beer

Estacao das Docas Belem do Para (12)

——- Jantar nas Docas

Depois da cerveja, foi a hora de eleger um local para jantarmos. A gente até podia ter ficado pela Amazon Beer, mas decidimos conhecer a gastronomia do restaurante LÁ EM CASA, que tem pratos regionais e uma longa história com Belém do Pará. O falecido Chef  da casa, Paulo Martins, é reconhecido como um dos embaixadores da Cozinha Paraense. Atualmente quem toca o local é a sua filha. Para uma sexta-feira, achei a casa um pouco vazia e sem charme, mas fomos bem servidos. Provei o famoso TACACÁ, iguaria típica da região amazônica, servido também nas bancas de rua. É um caldo feito com a goma da mandioca, camarões secos, jambu (erva amazônica que provoca um formigamento gostoso nos lábios), entre outros temperos. Também experiementei a caipirinha de cupuaçu e a outra cerveja típica, a Tijuca.

tacacá, um dos pratos mais típicos da culinária paraense, tem que experimentar

tacacá, um dos pratos mais típicos da culinária paraense, tem que experimentar – só o camarão é que se come com o garfo, o resto se bebe como sopa

Caipirinha de Cupuaçu - não curti muito, prefiro a tradicional de limão

Caipirinha de Cupuaçu – não curti muito, prefiro a tradicional de limão

Outra cerveja típica de Belém: Tijuca

Outra cerveja típica de Belém: Tijuca

Eu bem que podia ter ficado no tacacá, mas pedi o prato principal com peixes da região: Picadinho de Tambaqui e Filhote ao Leite de Castanhas. A conta dessa refeição com os 10%  foi de R$ 224.

Picadinho de Tambaqui e arroz de jambu, delicioso

Picadinho de Tambaqui e arroz de jambu, delicioso

Filhote, o peixe típico da região

Filhote, o peixe típico e carnudo da região

 

——- O sorvete

Por fim, o passeio gastronômico da Estação das Docas não será completo se não tiver  sorvete da CAIRU  de sobremesa, um escândalo de tão bom. A  sorveteria é uma das mais famosas de Belém e tem filial nas Docas. Vai por mim, prove os sabores locais como castanha do Pará, taperebá, bacuri e murici. Já morro de saudades desse sorvete. É imperdível.

Saudades demais desse sorvete da Cairu

Saudades demais desse sorvete da Cairu

Peça os sabores das frutas da região, são maravilhosos

Peça os sabores das frutas da região, são maravilhosos

Estacao das Docas Cairu (2)

 

——- O Passeio de Barco Orla ao Entardecer

No domingo à tarde, voltamos a Estação das Docas para um passeio turístico de barco pela Baía do Guajará. Há um ponto no local que vende os ingressos para os tours  e também, os barcos que levam a Marajó e Manaus (Valeverde Agência de Viagens).  Fizemos o passeio “Orla Ao entardecer” e recomendo. O passeio pelo rio sai R$ 50 por pessoa e tem duração de umas duas horas. É uma forma de ver Belém de outro ângulo. Durante o passeio, tem show de música (sim, é bem turístico). No nosso barco teve até um romântico pedido de casamento. A noiva foi pega totalmente de surpresa.
O passeio que fizemos neste post, Orla ao Entardecer. tem duração de 1 hora e meia e parte da Estação das Docas às 17h30. Saídas de terça a domingo. Ingressos vendidos no local. Grupos de a partir de 15 pessoas tem 20 % de desconto se a compra for efetuada 48 horas antes do passeio.

Partindo na Estação das Docas para o passeio chamado "Orla ao Entardecer" - os bilhetes são vendidos no local

Partindo na Estação das Docas para o passeio chamado “Orla ao Entardecer” – os bilhetes são vendidos no local

Uma visão de Belém do barco

Uma visão de Belém do barco

Estacao das Docas Passeio de Barco (2)

Estacao das Docas Passeio de Barco d

E aí, será que a gente curtiu Belém e a Estação das Docas? Acho que não deu pra esconder a felicidade, certo?

E aí, será que a gente curtiu Belém e a Estação das Docas? Acho que não deu pra esconder a felicidade, certo?

 

——-Resumo do Roteiro

Eis o nosso roteiro resumido para curtir a Estação das Docas:

-Caminhar no fim de tarde pelas Docas, namorar e ver o pôr do sol (ou fazer o passeio de barco “Orla ao Entardecer” – vendido no local)
-Tomar cerveja na Amazon Beer
-Comer um tacacá ou jantar no Lá em Casa
-Tomar sorvete na Cairu com sabores de frutas amazônicas e do nordeste

Estacao das Docas Belem do Para (11)

O fim de tarde no passeio de barco é turístico, e bem romântico

O fim de tarde no passeio de barco é turístico, e bem romântico

 

LEIA TAMBÉM SOBRE BELÉM NO BLOG:

POST ÍNDICE COM TODAS AS DICAS E ROTEIRO DE 3 DIAS EM BELÉM

5 ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS PARA CURTIR BELÉM DO PARÁ

HOTEL: A EXPERIÊNCIA ROMÂNTICA DO RADISSON

UM TOUR GUIADO NO MUNDO DO MERCADO-VER-O-PESO

ONDE COMER EM BELÉM DO PARÁ – dicas do que provar e onde ir para passar bem

RESTAURANTE REMANSO DO BOSQUE 

 

#PARTIUBELÉM – O CONVITE E PREPARATIVOS PARA A VIAGEM E DICAS DE AMIGOS


 


cafe viagem
SAIBA MAIS

 

ESTAÇÃO DAS DOCAS
Site: www.estacaodasdocas.com.br
Avenida Boulevard Castilho França, s/n -| Cidade Velha
(próximo ao Mercado Ver-O-Peso)
Belém do Pará – PARÁ  | Brasil

No site TripAdvisor, a Estação das Docas figura entre as atrações campeãs de Belém (é a número 1)

Horários
: funciona às segundas-feiras, das 10h à 0h. Terças e quintas, das 10h à 1h. Sextas-feiras e sábados, das 10h às 3h, e aos domingos, das 10h à 0h.

Quando visitar: o melhor horário é no fim de tarde para curtir o pôr do sol, fazer um happy hour na cervejaria ou jantar em um dos restaurantes das Docas.

Passeios de Barco : a empresa que opera os passeios de barco é a Valeverde e tem loja na Estação das Docas. São vários passeios de barco e até city tour em Belém de ônibus. O site para ver horários e passeios é www.valeverdeturismo.com.br

DICA HOSPEDAGEM
Hotel Radisson de Belém
 – leia aqui o post sobre o hotel no Café Viagem
—–> Para mais informações sobre o hotel, tarifas e melhores ofertas no Booking, clique aqui !!

*A viagem a Belém foi um convite da Atlantica Hotels ao blog Café Viagem para viver a Experiência Radisson em Belém do Pará. Das experiências citadas neste post, apenas o passeio de barco foi uma cortesia do Radisson.  Adoramos e agradecemos a oportunidade de conhecer este pedacinho especial da Amazônia.

  • Compartilhe
Alexandra Aranovich
Alexandra Aranovich
A autora dos textos e fotos do blog é publicitária e faminta por viagens e experiências gastronômicas. Além do Café Viagem, é colunista do Caderno Vida do jornal Zero Hora, autora do Guia Essencial Gramado e Canela da Pulp e do blog Destemperadinhos. Mora em Porto Alegre, mas vive por aí com o coração no mundo, sonhando com o próximo destino.
25
maio
16
Deixe o seu comentário!