Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

Mercado Central Belo Horizonte – 12 pontos para devorar na visita gourmet

Ir a Belo Horizonte (MG) e não conhecer o MERCADO CENTRAL é como ir ao Rio e não ver o mar. Aliás, Belo Horizonte tem um ditado bem popular: se não tem mar, vamos pro bar. Em BH, bar  é lugar sagrado e com gastronomia de primeira. No Mercado Central, há vários bares com tira-gosto para conferir a fama da comida mineira de buteco. E é bom saber que o Mercado Central de Belo Horizonte vai além do bar. Tem sabor, cor, história e até uma central de informações que me ajudou muito em incursão de turista faminta pelos autênticos pratos e ingredientes locais. Achei bem organizado, seguro e limpo. Passeio imperdível para quem visita a capital mineira.

Mercado Central Belo Horizonte (11)

Logo na porta de entrada do mercado conheci a simpática atendente do posto de informações turísticas do Mercado. Peguei um mapa, anotei as dicas preciosas e orientações. Uma pena não ter agendado a visita guiada (veja no final do post como agendar!). Mas com as orientações da simpática funcionária do posto de informações eu até que mandei bem nas descobertas pelo mercado. Bora se perder por esses corredores!

Mercado Central Belo Horizonte (10)

O Mercado de Belo Horizonte foi inaugurado em 1929. Em 1964, acabou indo a leilão e foi comprado pelos próprios comerciantes que se uniram em uma cooperativa. Desde então, é o único mercado privado da America Latina. São mais de 400 lojas que vendem artesanato e especialidades gourmets típicas mineiras.

Mercado Central Belo Horizonte (14)

Mercado Central Belo Horizonte (13)
Não vá esperando uma beleza arquitetônica, você pode se decepcionar nesse quesito. Nos corredores (que mais parecem labirintos) o grande atrativo visual está nos produtos, principalmente nos queijos. Aliás, sabia que o queijo minas é Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro (pelo IPHAN). Queijo minas frescal, queijo minas padrão, queijo minas meia cura, experimente todos! E se joga no tipo canastra, da região da Serra da Canastra.

Mercado Central Belo Horizonte (30)

Mercado Central Belo Horizonte (17)

Prove também os pratos típicos e tira-gostosfeijão tropeiro ou  fígado acebolado com jiló.

O prato ícone do mercado: fígado acebolado com jiló feito na chapa

O prato ícone do mercado: fígado acebolado com jiló feito na chapa

Leve goiabada (a da Zélia e a da Jatiboca de lata são as minhas favoritas!), cachaça e doce de leite na mala. Compre uma sacolinha de feira logo na largada. Se conseguir levar peso, invista nas famosas panelas mineiras.

Mercado Central BH

A culinária de Minas é considerada uma das mais ricas do Brasil (em sabor, criatividade e ingredientes). Por isso, o melhor horário para visitar o mercado é antes do meio-dia (agendando o almoço por lá, sugiro até nem tomar café da manhã). Aproveite e almoce no imperdível Casa Cheia que funciona no mercado desde 1978. Mas chegue cedo para conseguir uma mesa!Mercado Belo Horizonte

 

Selecionei abaixo alguns lugares que visitei no Mercado Central e que recomendo fortemente. Aviso: em quase todos os locais é possível degustar o queijo antes de comprar. Se perca, prove, visite. Não dá para ir a Belo Horizonte e não passar pelo Mercado e provar o  seu mar de delícias!

 

1. Roça Capital

(roxo no mapa -A1 – 268)
É a loja mais linda de queijos e a mais próxima do posto de informações. Vende um queijo canastra premiado no mundo (quando eu fui estava em falta, buááááá!). Impossível não se apaixonar por esse cantinho decorado com astral de roça (“sua casa no caminho para roça”).
O que comprar: queijo premiado da Canastra, doce de leite  (Viçosa e Sabores do Grama) e goiabadas (das marcas Zélia e Jatiboca).
O que provar: café mineiro coado na hora, queijos

Mercado Central Belo Horizonte (15)

Mercado Central Belo Horizonte (18)

2. Bar Mercado Central

(roxo no mapa -S16 – 64/62)
Outro ponto famoso no “comida di boteco”.
O que provar:  ragú de cupim servido com pão de abóbora artesanal.

 

3.  Restaurante Casa Cheia

(amarelo no mapa, bem no fundo  -T18/S16 – 915/167)
Lugar imperdível para almoçar. Tem que ir. Enfrente a fila de espera e agarre sua mesa. Reserve muita fome para provar os pratos autênticos da casa. Tudo é bom (e um pouco pesado). Os tira-gostos são conhecidos como os melhores da cidade: almôndegas exóticas, cozido de cordeiro, feião mexicano, entre outros. Eu pedi (e recomendo) o Mineirinho Valente – canjiquinha com queijo, lombo defumado, costela desossada ao vinho, linguiça caseira e espinafre. O tira-gosto (que se come de colher!) ganhou o 1º Lugar no Comida di Buteco em 2005.
O que provar: o tira-gosto, o Mineirinho Valente
Site: www.restaurantecasacheia.com.br

O Mineirinho Valente

O Mineirinho Valente

as almôndegas

as almôndegas


4. Delícias da Val

(amarelo no mapa K21 – 256)
Dizem que  Val Jesus é uma cozinheira de mão cheia. Não consegui provar, mas foi bem indicado.

 

5.  Bar do Júlio

(corredor laranja – P10/J19 – 901 )
É o local para provar o prato típico do mercado: o famoso fígado acebolado com jiló. Sim, no lugar de fígado também tem a opção de filé  acebolado com jiló.
O que provar: fígado acebolado com jiló, prato ícone do mercado.

Mercado Central Belo Horizonte (28)

 

6.  Empório João & Maria

(azul no mapa -G13 – 237 )
Um lanchonete gourmet para tomar um café ou comer no balcão o famoso sanduíche de pernil com geleia de jabuticaba.
O que provar: café e os sanduíches
O que comprar: geleias

Mercado Central Belo Horizonte (9)
Mercado Central Belo Horizonte (8)

7.  Bar da Loura


(amarelo no mapa L2/F11 – 115 )

Pequeno, para tomar cerveja gelada e um tira-gosto. Ficou famoso quando m 2010, a Chef do bar  conquistou o 1º lugar do Festival Comida di Buteco com o tira-gosto  “Pura Garra da Lora”.
O que provar: tira-gosto

8.  Delikatessen Oliveira

(laranja no mapa – J19 – 72/74)
Outro ponto ótimo para comprar queijos e especialidades típicas mineiras.

Mercado Central Belo Horizonte (32)

9.  Café Dona Diva

(amarelo no mapa -C5 – 163)
Um pequeno notável. Ponto para tomar café e experimentar o famoso bolo de laranja da casa. Dona Diva Café e Quitandas inaugurou em 2008 e faz um resgate do sabor tradicional da quitanda mineira.
O que provar:
café, tortas e bolo de laranja

Mercado Central Belo Horizonte (3)


10.  Café dois Irmãos

(roxo no mapa -B3 – 28/30)
Ponto megatradicional do Mercado de Belo Horizonte. Pessoal come de pé no balcão delícias com café como pão de queijo, biscoito de queijo, salgados ou com a famosa broa.
O que provar: café e broa

Mercado Central Belo Horizonte (4)

A disputada broa do Café Dois Irmãos

A disputada broa do Café Dois Irmãos

 

11. Ronaldo das Cachaças

(roxo no mapa – I17 – 141 )
Sentiu falta da cachaça mineira neste post? Sim, não podia ficar de fora. São vários os locais que vendem o produto dentro do mercado. Mas esse tem uma adega considerável. A casa também vende cervejas artesanais, vinhos e espumantes. Atualmente Minas Gerais é líder na produção de cachaça de alambique. Em 2007 a Cachaça de Alambique de Minas ganhou o título de Patrimônio Histórico e Cultural de Minas Gerais. Tem garrafa que passa de R$ 1.000, mas também tem cachaças de qualidade a preços mais em conta a partir de R$ 10.
O que comprar: cachaço bio, ou marcas mineiras que você só encontra em Minas.

Mercado Central Belo Horizonte (1)

 

12.  Cachaça Cobiçada

(azul no mapa – M4 – 120 )
Uma marca mineira que nasceu a partir dos encontros gourmets de um grupo de amigos.
Site:  www.cachacacobicada.com.br

 

Visitar o mercado central de uma cidade é, para mim, um parque de diversões. É onde me sinto uma criança descobrindo o mundo, cheia de entusiasmo e curiosidade, adoro. É onde você chega mais perto da essência da cultura da região, dos sabores. O mercado é a alma da gastronomia do seu povo.

Mercado Central Belo Horizonte (31)DICA
Vá com muita fome. O Mercado Central tem um App para baixar com busca, mapa e recomendações.

Mercado Central Belo Horizonte (12)


 

cafe viagem


SAIBA MAIS

 

MERCADO CENTRAL BELO HORIZONTE
Av. Augusto de Lima, 744 Centro
Belo Horizonte | Minas Gerais  – Brasil
Horários: segunda a sábado, das 7 às 18hs.
Domingo das 7 às 13h. Para turistar, o ideal é tentar escapar do agito do horario de almoço no fim de semana.
As bancas aceitam cartão de crédito e débito.

—> VISITAS GUIADAS
Na visita guiada é possível experimentar um pouco de tudo. Há guias bilíngües para atender grupos de até 20 pessoas.
Para agendar: mercadocentral.info@gmail.com ou (31) 3277 46 91. Saiba mais em mercadocentral.com.br/visita-guiada

 

unnamed-1
SITES PARA PLANEJAR A SUA VIAGEM 

 

RESERVE O SEU HOTEL
PESQUISE AQUI HOTEL EM BELO HORIZONTE NO BOOKING
site que oferece melhores tarifas, sem taxa de reserva e a facilidade de cancelamento grátis na maioria dos quartos


ALUGUE SEU CARRO EM MINAS GERAIS

PESQUISE AQUI MELHORES TARIFAS NA RENTALCARS
site que faz uma busca entre as principais locadoras e oferece o melhor preço

***** OUTROS ARTIGOS DE MINAS GERAIS NO CAFÉ VIAGEM

ROTEIRO DE 4 DIAS EM BELO HORIZONTE COM BATE E VOLTA EM OURO PRETO E INHOTIM

RADISSON BLUE, NOSSA DICA DE HOTEL EM BH NO CORAÇÃO DE SAVASSI

INHOTIM, DICAS PARA CURTIR ESSE PARQUE DE SENSAÇÕES 

CASA BONOMI – UM CAFÉ COM CHARME EM BELO HORIZONTE

VISITA AO MERCADO CENTRAL BELO HORIZONTE – EXPERIÊNCIA GASTRONÔMICA BEM BRASILEIRA

 

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier em formação pela ABS-RS. Acima de tudo, apaixonada por café da manhã, vinho e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Últimos Comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO