Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

Uma volta nos trulli de Alberobello, Patrimônio Mundial da UNESCO

Uma volta nos trulli de Alberobello, Patrimônio Mundial da UNESCO

Os trulli de Alberobello são uma das primeiras imagens que você encontra quando começa a pesquisar sobre a Puglia, região da Itália situada no calcanhar (ou salto) da bota no mapa. E, logo você descobre que o motivo é bem evidente: o charmoso centro histórico de Alberobello concentra o maior conjunto de trulli da Itália que é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996. Conversando com amigos, achamos que visitar Alberobello era imprescindível em nosso Roteiro na Puglia. E lá fomos nós.

trulli de Alberobello

trulli siameses de Alberobello na Puglia

+ Leia aqui o nosso roteiro completo na Puglia

 

 E o que são os trulli de Alberobello na Puglia? 

Os trulli (plural de trullo, do grego cúpula) são uma construção da pré-história da região do Valle d’tria da Puglia. Sua arquitetura peculiar apresenta casas com telhados no formato de cone. Grande parte das casas são brancas com símbolos desenhados em suas fachadas. Reza a lenda que as construções surgiram no período feudal criadas pelos camponeses como forma de enganar os cobradores de impostos altíssimos na época. Como assim? Com telhado feitos sem argamassa (as pedras são empilhadas em círculos cada vez menores) ficava mais fácil removê-lo caso alguém do Reino de Nápoles surgisse para inspeção. E, sem o telhado, a construção não podia ser caracterizada como moradia para cobrança de imposto.

Atualmente, grande parte dos trulli são usados como residência, hotéis, lojas e até igrejas. 

A maior concentração de trulli de Puglia está situada em Alberobello. No entanto, você verá essa arquitetura peculiar em outros destinos aos arredores como Locorotondo, Ostuni, Martina Franca, Fasano, Egnazia, Cisternino e em hotéis-fazenda (chamados de masserias, as antigas fazendas da região).

trulli de Alberobello

1400 trulli em Alberobello na Puglia

A cidade de Alberobello se divide em duas. A primeira, com construções residenciais e a segunda, com comércio e trulli. A região chamada de Rioni Monti é a que concentra os trulli de Alberobello e seu vilarejo cênico de ruas estreitas. São em torno de 1400 trulli que transportam a uma atmosfera antiga de outros tempos.

Cenário de filme

Alberobello parece saída de um cenário de filme. Apesar de linda, preciso admitir que é bem turística. O centro histórico, patrimônio da Unesco, possui comércio repleto de turistas caminhando pelas ruas e lojas de artesanato e produtos locais. Aliás, as lojas dentro dos trulli cobram ou pedem pra você comprar algo se quiser subir no telhado icônico para ver a vista. Muitas vezes, até vale a pena. Você leva um souvenir e uma foto em um telhado do centro histórico de Alberobello. 

A GetYourGuide, empresa parceira do blog, oferece passeios guiados em Alberobello e na Puglia. Veja aqui!

O que fazer no centro dos trulli de Alberobello

Além de caminhar pelo centro histórico de Alberobello (aliás, melhor programa!), você pode visitar os trulli siameses e o Trullo Sovrano, as igrejas Sant’Antonio e a Cosme e Damião e a Casa d’Amore (Casa do Amor), atualmente centro de informações turísticas, é considerada o primeiro edifício em toda a cidade construído com cal e argamassa. E ainda: o Museo del Territorio (Casa Pezzolla- Piazza XXVII Maggio- www.alberobellocultura.it) e o Museo dell’olio (azeite – www.alberobellocultura.it). 

trulli de Alberobello


Nós aproveitamos para visitar Alberobello pela manhã (apenas o coração do centro histórico) e fomos almoçar e passar a tarde na vizinha e bela Ostuni, outro passeio imperdível na Puglia. Fizemos uma refeição incrível em Ostuni ba Osteria del Tempo Perso e tomamos um sorvete (ops, gelato) no Café Garibaldi! Foi um programa perfeito!

trulli de Alberobello

Como chegar em Alberobello de Carro

Alberobello está situada na região chamada Valle d’Itria. Uma área famosa pelos trulli, vilarejos medievais brancos, oliveiras, vinhedos e masserias (fazendas antigas que hoje se transformaram em hotéis de luxo). A Capital da Puglia, Bari, fica a 55km de Bari de Alberobello. Já Poliagno a Mare, em torno de 30 km. A melhor opção para explorar bem a região é alugar um carro, pois as cidades são muito próximas e as estradas bem sinalizadas. Basta ter um chip com internet liberada (usamos o chip da PlusSim – parceira do Café viagem que oferece 10% de desconto para leitores) e colocar no GPS “centro histórico de Alberobello”. 

Nós alugamos o carro no Brasil através do site Rent Cars e retiramos na Itália! O site que tem atendimento em português, pagamento em reais com possibilidade de parcelamento no cartão de crédito ou desconto de 5% para pagamento à vista.

Estacionamento em Alberobello

Lembre-se que nesses vilarejos históricos, como o dos trullis de Alberobello, será sempre necessário deixar um carro em um estacionamento perto e transitar a pé pelo vilarejo ou em veículos especiais (como aqueles carros de golf com motorista e preço de táxi).

Em Alberobello, encontramos um estacionamento pago bem em frente à entrada do centro histórico (barbada). Não lembro o valor, mas não era um absurdo de caro. De qualquer forma, pela localização do estacionamento, valia cada euro.  Neste mapa no Google adicionei os estacionamentos e principais atrações do Centro Histórico de Alberobello.

o que fazer em Alberobello

O que provar em Alberobello

Uma das iguarias famosas da culinária da região dos trulli de Alberobello é a massa chamada de oriechette. Atualmente, há muitas lojas que vendem os azeites e produtos frescos da Puglia. E ainda: os queijos da região, como Caciocavallo Podoliso e a burrata. Ah, não deixe de provar os vinhos do Valle d’itria.

Onde ficar em Alberobello

Nós procuramos por hospedagem no Booking.com com boa antecedência. Acabamos optando por hotéis em cidades próximas de Alberobello. Ficamos uma noite no La Corticella Bed & Breakfast (Locorotondo), outra no Nina Trulli Resort em Fasano e o restante (3 noites) no Palazzo Bregante (Monopoli).

+ Leia aqui o post sobre onde ficar na Puglia no Café Viagem, dica de hotéis em várias regiões


Veja nosso Roteiro Puglia 5 dias resumido

1 – Costa Amalfitana rumo a Matera de carro e chegada na Puglia no fim do dia com jantar em Martina Franca (Hotel Corticella Bed & Breakfast )

2 –  Visita a Alberobello e Ostuni (troca para Hotel Nina Trulli Resort )

3 –  Visita Locorotondo e Monopoli (troca para Hotel Palazzo Bregante)

4 – Monopoli, Polignano a Mare e Porta Contessa (Hotel Palazzo Bregante)

5 – Bari – tour pela manhã de bike e, fim de tarde, pegamos voo e trem para Roma  !

Leia aqui o post completo com o nosso Roteiro Puglia 5 dias

—> E vocês, conhecem sul da Itália ? Comente, compartilhe seu achado nessa linda região da Itália.

Site Oficial do Turismo da Puglia www.viaggiareinpuglia.it

Planejando sua viagem para Puglia

Reserve o seu hotel na Puglia (Apulia):  pesquise hotel no Booking.com com até 50% de desconto e possibilidade de cancelamento gratuito

Alugue carro na Itália: pesquise aqui aluguel de carro nas principais locadoras

Viaje Conectado: chip internacional – 10% DE DESCONTO. Nós usamos o CHIP internacional com internet livre da PlusSim Travel em nossa viagem pela Itália. Compramos no Brasil. Facilitou bastante o uso de GPS, mapas e a nossa comunicação. Para leitores do Café Viagem, a  PlusSim oferece desconto de 10%.  Só clicar e aproveitar! Também já usamos na Europa e gostamos do Chip da Easysim4u  – compare os preços!

Não esqueça o Seguro de Viagem – ele será cada vez mais obrigatório nas viagens para a Europa e em todo o mundo. O Café Viagem recomenda cotar nos sites  Real SegurosSeguros Promo. Ambos são confiáveis, preço bom e parcelam no cartão de crédito. 

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por café da manhã, vinhos e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Sem Comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO